Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

UM EM CADA TRÊS CUIDADORES OFERECE DOCE ÀS CRIANÇAS PARA DEIXÁ-LAS FELIZES E ISTO CONTRIBUI PARA A OBESIDADE

(Foto: Thinkstock)
Um em cada três cuidadores oferece doce às crianças para deixá-las felizes e isto contribui para a obesidade

Pesquisa de universidade irlandesa com mais de mil cuidadores revela que mudar o humor e recompensar bom comportamento são motivo para oferecer balas, chocolate e sorvete aos pequenos
Uma pesquisa da University College Dublin analisou mais de mil pais e mães, avós e demais cuidadores para estudar um comportamento comum: com que frequência e por que motivos eles oferecem doces a crianças? O resultado foi que 1 em cada 3 desses adultos oferece balas, chocolates e sorvetes - os mais comuns - para fazer com que os pequenos se sintam melhor. 42% dos adultos o fazem porque as crianças pedem; outros 42% por recompensa a bom comportamento. Mais de 90% disseram que esses doces são oferecidos em celebrações como aniversários e Natal, mas 68% dos entrevistados confessaram que também recorrem a esses alimentos em ritmo semanal ou até diário. Os 1.039 participantes incluíam 651…

VOCÊ SABE O QUE É COMIDA DE CRIANÇA ?

Você sabe o que é comida de criança?
Por Paola Preusse*- atualizada em 20/06/2018 08h16

Se a resposta foi cachorro-quente, batata frita, hambúrguer, doces e outros alimentos desse tipo, melhor parar para pensarSe sua resposta a essa pergunta for: balas, pirulitos, batata frita, hambúrguer, cachorro-quente, macarrão, gelatina, leite com achocolatado, brigadeiro e outros alimentos desse tipo, é melhor parar e refletir. Por mais que a gente ache que criança precisa se divertir e aproveitar a infância, pense bem: tudo isso não precisa necessariamente estar ligado à comida, principalmente se a base dela for composta de guloseimas e supérfluos. Claro que precisamos de uma alimentação equilibrada - e isso também inclui uma ou outra guloseima de vez em quando. Mas o equilíbrio de verdade não é colocar na lancheira bolacha recheada todo dia, batata-fria no almoço várias vezes por semana e fast food com direito a sorvete todo fim de semana. Esses tipos de escolhas, com frequência, fazem parte de m…

CRIANÇAS E GESTANTES ESTÃO COMENDO QUÍMICA E ISSO É MAIS PERIGOSO DO QUE SE IMAGINA

supermercado (Foto: ThinkStock)
Crianças e gestantes estão comendo química e isso é mais perigoso do que se imagina
Aditivos químicos presentes em alimentos ultra-processados e embalagens plásticas estão na mira de grupo de pediatras norte-americanos, que também divulgou ações práticas para a população
Um grupo de pediatras norte-americanos divulgou no último mês uma declaração acompanhada de um relatório técnico alertando para o perigo da contaminação por químicos liberados em plásticos usados na cozinha, nas embalagens de alimentos e por aditivos usados pela indústria na produção de alimentos ultraprocessados. Para o grupo, que inclui a Academia Americana de Pediatria, é urgente alertar às famílias e gestantes, para que se protejam com medidas práticas, e também ao governo dos Estados Unidos, para que haja mais rigor na fiscalização e regulação da lista de ingredientes e aditivos atualmente permitidos. “Evidências científicas crescentes sugerem potenciais efeitos adversos sobre a saúde d…

"ÓLEO DE COCO É PURO VENENO",DIZ PROFESSORA DE HARVARD

“Óleo de coco é puro veneno”, diz professora de Harvard

22/08/18 - 17h08 - Atualizado em 22/08/18 - 17h14

A americana Karin Michels, professora da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, está chamando a atenção da mídia do país com um vídeo que viralizou nesta quarta-feira (22), em que diz que o óleo de coco não é saudável. Mais do que isso, a pesquisadora chega a chamá-lo de “veneno”, pelo menos três vezes, durante uma palesta. Em sua apresentação, intitulada “Óleo de coco e outros erros nutricionais”, ela afirma que este é um dos piores alimentos que uma pessoa pode ingerir e que seus supostos benefícios não passam de crendice popular, pois têm embasamento científico algum. Embora o óleo de coco tenha se tornado a última moda entre celebridades e influenciadores digitais de estilo de vida saudável, estudos da American Heart Association (Associação Americana do Coração) mostraram que mais de 80% da gordura do óleo de coco é saturada – muito mais que na manteiga (63%), gordura…

CHIPS DE MAÇÃ !

Chips de maçã! Sabe aqueles chips de maçã (ou maçã desidratada) que compramos em saquinho e comemos como salgadinhos? Pois é… Trouxemos para você uma receita para fazer igualzinho, porém bem mais barato e sem nenhum conservante, além de muito saboroso! Você pode fazer e levar para o lanche ou colocar na lancheira das crianças. É perfeito!

Você só vai precisar de uma maçã (pode ser a Fuji) e uma fritadeira sem óleo. Lave e seque bem a maçã, depois corte ao meio e retire as sementes, o fundinho e o cabinho. Corte em lâminas bem fininhas (mais ou menos 3 milímetros de espessura – basta usar uma faca pequena e afiada ou até um fatiador).
Espalhe as fatias da maçã na cesta da fritadeira sem óleo iniciando de fora para dentro, em camadas, para que o ar circule bem. Programe por 10 minutos a 20ºC. Em seguida, programe mais 20 minutos a 120ºC, mas após 10 minutos dê uma leve mexida ou sacudida na cesta para que todas fiquem tostadas por igual.

No final elas estarão meio enroladas, viradinhas (é n…

ALIMENTOS COLORIDOS OFERECEM MAIS NUTRIENTES E UM PRATO BEM ATRATIVO

Alimentos coloridos ajudam a prevenir doenças e atuam na manutenção da saúde (Foto: Getty Images)Alimentos coloridos oferecem mais nutrientes e um prato bem atrativo
Os legumes, as frutas e oleaginosas favorecem a manutenção da saúde
Quando pensamos em alimentação saudável imaginamos um prato colorido, variedade alimentar. Por quê nutricionistas insistem tanto na elaboração de um prato colorido: Quanto maior a variedade de cores, maior a variedade de nutrientes, evitando a monotonia alimentar, conseguindo um prato mais atrativo, favorecendo a manutenção da saúde e prevenção de doenças.
Quais são as principais substâncias presentes em cada cor: Alimentos verde escuros: espinafre, brócolis, alface, agrião, couve. Fonte de fibras, betacaroteno, ferro, ácido fólico, vitamina K e clorofila.

Alimentos alaranjados: mamão, caju, damasco, caqui. Fontes de betacaroteno (pré vitamina A), vitamina A e vitamina C.

Alimentos vermelhos: morango, tomate, cereja, melancia, goiaba. Fontes de licopeno, antoci…

EFEITO PLATÔ EXPLICA A DIFICULDADE DE ELIMINAR OS 'QUILINHOS' INDESEJÁVEIS

Efeito platô explica a dificuldade de eliminar os 'quilinhos' a mais (Foto: Agência Getty Images)Efeito platô explica a dificuldade de eliminar os 'quilinhos' indesejáveis
A melhor forma de evitar é modificar a quantidade e qualidade da dieta
Na guerra para a perda de peso, chega um determinado momento que chegar ao peso desejado fica cada vez mais difícil e isso ocorre devido ao efeito platô. Por mais que siga ao programa alimentar fica mais difícil eliminar os “quilinhos” indesejáveis. Acredita-se que seja uma defesa do organismo para sobrevivência, uma redução do metabolismo. Na nossa evolução houve mais escassez do que oferta de alimentos, portanto o nosso corpo se adaptou a estocar os alimentos para os momentos de falta. Entretanto, atualmente há uma grande oferta de alimentos, no Brasil nunca houve tanta variedade e acesso aos alimentos e ao mesmo tempo a população de um modo geral reduziu seu gasto calórico em atividades básicas do dia a dia (melhora nos transporte…

A POLÊMICA DA DIETA DO FAST FOOD: ESPECIALISTA ALERTA PARA OS RISCOS

Dieta com fast food é polêmica: ela continha cerca de 2 mil calorias (Foto: Agência Getty Images)A polêmica da dieta do fast food: especialista alerta para os riscos
Com 'cardápio equilibrado' e 45 minutos de caminhada por dia, professor perde 17kg comendo sanduíche, batata frita e sorvete. Nutricionista opina
Um nova polêmica sobre dietas foi levantada depois que um professor americano perdeu 17kg em três meses. Com a colaboração de três alunos e profissionais de saúde elaboraram um programa alimentar à base da comida vendida em famosa rede de fast food. A dieta continha cerca de 2 mil calorias, apenas com o consumo de alimentos vendidos pela rede. O cardápio era equilibrado nutricionalmente mesmo comendo sandúiche com dois hambúrgueres, alface, queijo e molho, mais batata frita e sorvete. O professor praticou diariamente 45 minutos de caminhada. Segundo ele: “ Basta adotar uma dieta equilibrada aliada a exercícios diários, mesmo comendo fastfood todos os dias. São as nossas esc…