Pular para o conteúdo principal

ÓLEO DE CÁRTAMO-POTENTE AÇÃO LIPOLÍTICA : "QUEIMA GORDORA CORPORAL"



O óleo de Cártamo é um anti-oxidante natural que possui propriedades que podem acelerar o metabolismo das gorduras, auxiliando assim, no controle da obesidade.
Estudos indicaram que esse óleo contém substâncias que atuam obrigando o organismo a usar a gordura acumulada como combustível contribuindo para uma maior eliminação de gordura.
Isso acontece porque seus nutrientes conseguem inibir a ação de uma enzima específica (LPL- Lípase Lipoproteica).
A enzima LPL tem como função transferir a gordura presente na corrente sanguínea para o interior das células adiposas, responsáveis por armazenar a gordura corporal e que compõem o tecido adiposo do corpo humano. Quanto maior e mais intensa a atividade desta enzima maior quantidade de gordura é armazenada dentro das células adiposas e, como conseqüência, a pessoa engorda. Portanto, os nutrientes do óleo de Cártamo, tem a capacidade de bloquear da ação da LPL, o que obriga o organismo a utilizar o estoque de gordura já existente como fonte de energia gerando a chamada lipólise, que é a queima de gordura.
Óleo de Cártamo (Carthamus tinctorius L. é altamente ramificada, herbáceas, cardo-como anuais, geralmente com muitos espinhos acentuada nas folhas. As plantas são de 30 e 150 cm de altura com flores globulares cabeças e comumente, brilhante amarelo, laranja ou vermelho flores que florescem no mês de Julho. Cada ramo normalmente irá ter a partir de uma flor de cinco cabeças contendo 15 a 20 sementes por cabeça.
Cártamo tem uma forte raiz ereta que lhe permite prosperar em climas secos, mas a planta é muito suscetível à geada lesão de tronco alongamento à maturidade.
Usos
Tradicionalmente, a cultura foi cultivada por suas sementes, e utilizados para coloração e aromatização alimentos, de medicamentos, e que torna vermelho (carthamin) e corantes amarelo, especialmente antes de mais barato anilina corantes tornou disponível. Durante os últimos cinquenta anos ou mais, a planta foi cultivada principalmente para os óleos vegetais extraídos de suas sementes. Em Abril de 2007, foi comunicado que geneticamente modificados cártamo, foi criado para criar insulina.
Óleo de Cártamo é insípido e incolor, e nutricionalmente similares ao óleo de girassol. É usado principalmente como um óleo de cozinha, em molho para salada, e para a produção de margarina. Também pode ser tomado como um suplemento nutricional. INCI nomenclatura é Carthamus tinctorius.
Cártamo flores são por vezes utilizados na cozinha como um substituto mais barato para o açafrão, e são, portanto, por vezes referido como "açafrão bastardo".  Cártamo sementes também é muito comumente utilizado como uma alternativa ao girassol sementes em birdfeeders, como esquilos não gostam do sabor dela.
Para quem não conhece o cártamo é uma planta com altos teores de óleos em suas sementes, parente bem próximo do girassol. Pode ser usada na formulação de cosméticos, na industria bioquímica, na produção do biodiesel, na alimentação em forma de cápsulas e suas flores possuem propriedades corantes. Na alimentação está sendo bastante usado por quem quer dar uma transformada no corpo, pois a cápsula de cártamo pode trazer diversos benefícios a seu corpo.
O óleo de cártamo é um anti-oxidante natural e possui propriedades que aceleram o metabolismo das gorduras, auxiliando, no controle da obesidade. Óleo de cártamo também, reduz gordura localizada e auxilia emagrecimento e no controle do colesterol.
Mais de duas décadas de estudos mostraram que o CL (Carthamus tinctorius) auxilia na redução de gordura corporal de maneira muito significativa. Pesquisas mais recentes têm demonstrado também sua capacidade de manutenção e aumento de tecido muscular, o que é importantíssimo para manter um metabolismo acelerado. Além disso, seus efeitos antioxidantes também são muito conhecidos. O uso do CL têm produzido aumento na massa corporal magra, diminuição do acúmulo de gorduras e tem papel importante no crescimento muscular.
Beneficos do Óleo de Cártamo:
-Acelerador Metabólico
-Inibidor natural da LPL* (enzima *Lipase Lipoprotéica responsável pelo aumento das células de gordura no corpo).
-Promove Lipase obrigando o corpo a usar sua própria gordura como fonte de energia.
-Acelera o Metabolismo e promove uma maior combustão da Gordura.
-Ajuda na diluição dos Lipídeos, redução da Celulite e da Gordura Localizada.
-Diminui as taxas de Colesterol, potencializa o sistema imunológico e tem propriedades anti-inflamatórias.
-Aumenta capacidade muscular.
-Antioxidante.
-Aumenta massa magra e melhora definição dos músculos
Isso acontece porque seus nutrientes conseguem inibir a ação de uma enzima específica (LPL- Lípase Lipoproteica). 
A enzima LPL tem como função transferir a gordura presente na corrente sanguínea para o interior das células adiposas, responsáveis por armazenar a gordura corporal, portanto os nutrientes do óleo de Cártamo, tem a capacidade de bloquear da ação da LPL, o que obriga o organismo a utilizar o estoque de gordura já existente como fonte de energia gerando a chamada lipólise, que é a queima de gordura.
Como tomar?
Você deve ingerir uma cápsula duas vezes ao dia, meia hora antes das refeições.
Recomendação Óleo de Cártamo:
O uso dessa cápsula é contraindiciada para gestantes, mulheres que estejam amamentando, crianças e pessoas diabéticas.
Sugestão de Uso Óleo de Cártamo:
Você deve ingerir uma cápsula de 1 grama duas vezes ao dia, meia hora antes das refeições. "O óleo de cártamo acelera o processo de emagrecimento e tonificação muscular e deve acompanhar uma dieta e exercícios".




Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …