Pular para o conteúdo principal

ALIMENTAÇÃO DESINTOXICANTE : FUNDAMENTOS E PRÁTICA



Alimentação Desintoxicante

Entender que estamos intoxicados é fácil, não só pelo que comemos e bebemos, mas também pelos venenos e toxinas que nos afetam através do que enxergamos, respiramos, escutamos, pensamos e sentimos. E, é fácil entender que tanta intoxicação prejudica não somente a nossa saúde, como também nossas realizações pessoais, profissionais, qualidade de vida e alegria de viver.
A Alimentação Desintoxicante, com a divertida proposta da prática do "banho interno diário"; proporciona ao corpo a cúmplice oportunidade para excretar todos os seus venenos e toxinas, resgatando aquela harmonia metabólica fundamental à saúde celular.
A Alimentação Desintoxicante, vai muito além, quando, diante de um organismo aliviado de toda sua carga tóxica, portanto prontamente alcalinizado, viabiliza o funcionamento integrado e sano de células, órgãos, sistemas e cérebro. Uma vez perpetuada esta condição, torna-se possível a expansão das nossas inteligências celular, emocional e afetiva, tão necessárias para as decisões e escolhas do crescer, amadurecer e "despertar".
'E fizemos de nós mesmos fossas vivas e, induzimos os médicos a dar nomes para nossas doenças.' Platão
 
Os Conceitos

Todo o conteúdo dos meus livros e site é "essencial" sobre hábitos de desintoxicação diária do organismo como um todo. Ou seja, os 5 sistemas excretores são "acordados" e "aliviados" já durante o primeiro momento do dia (jejum): intestinos, fígado, pulmões, rins e pele.
E neste contexto a primeira motivação, é a medicina preventiva. Não espere ficar doente para desintoxicar-se diariamente.
'E fizemos de nós mesmos fossas vivas e, induzimos os médicos a dar nomes para nossas doenças.' Platão
Aliás, muitas pessoas chegam a este site ou me escrevem sobre suas doenças e minha resposta é sempre a mesma: desintoxique-se para poder resgatar sua harmonia metabólica, algumas vezes até um diagnóstico preciso.
O corpo humano é holístico, funciona como uma engrenagem: tudo precisa estar em harmonia, sincronizado. Não adianta pensar em curar partes, a saúde verdadeira está no TODO.
Esta é a ordem natural pois um organismo intoxicado, desvitalizado, com partes sobrecarregadas ou doentes tem sua capacidade de assimilação nutricional ou medicamentosa absolutamente comprometida.
 
 
A Prática
 
Quem conhece minha linha de trabalho sabe que sou refratária em sair distribuindo receitinhas milagrosas.
Direto ao ponto: não é assim que funciona. O segredo do sucesso não é a receita, mas o comprometimento com um propósito verdadeiro.
O segredo da Alimentação Desintoxicante é a consciência de que as toxinas são escudos, cadeados para a chegada em qualquer lugar: saúde física, mental, emocional e até espiritual. Ninguém consegue chegar ou ser bem recebido em um lugar bacana (elevado), infestado de sujeira e mau odor, certo? Pior ainda, irritado, inflamado, pilha fraca, sem energia!
O sagrado da Alimentação Desintoxicante está na cumplicidade com cada célula, órgão ou sistemado seu organismo, mas também com cada alimento e a natureza.
Portanto, as receitas aqui apresentadas, para você tomar seu divertido "banho interno diário" CARECEM de leitura e entendimento prévio sobre Os Conceitos desta dinâmica para toda a vida: todos os santos dias de Deus!
 
Alimentação Crua e Viva
 
Alimentação viva passa inevitavelmente pelo crudivorismo, mas vai além quando faz uso constante de sementes germinadas e brotos, ou seja, alimentos vivos.
Em comum o conceito da economia energética, porque os alimentos vegetais vivos e crus, da forma como são ofertados pela mãe natureza (frutas, folhas, raízes, brotos e sementes germinadas) são certamente os alimentos que exigem o menor trabalho digestivo.
O motivo? Eles já trazem em sua composição, as enzimas específicas para digeri-los, as vitaminas e sais minerais para serem rapidamente assimilados.
Além disso, tais alimentos, in natura, íntegros, maduros e frescos, são dotados de extraordinárias propriedades despoluidoras, ou seja, depurativas, desintoxicantes. Sua riqueza em fibras e água vitalizada, assegura uma verdadeira "faxina" no tubo digestivo, levando embora, junto com as fezes e demais formas de excreção, uma grande quantidade de toxinas e resíduos: alívio e leveza!
 
Cultura Orgânica
 
Comecemos por entender que a cultura orgânica está baseada na preservação do solo, água, ar, fauna, flora e do ser humano. Portanto, vamos muito além do ser saudável e do comer uma cenoura crocante e riquíssima em sais minerais.
As crianças são as mais vulneráveis da agricultura convencional baseada no uso abusivo dos agrotóxicos. Segundo um relatório do Environmental Working Group (Grupo de Trabalho Ambiental), quando uma criança completa um ano de idade, já recebeu a dose máxima de agrotóxicos que seria permitida para uma vida inteira (70 anos). Pior ainda para as crianças que vivem no entorno destas plantações.
Assim, a agricultura orgânica cumpre a tarefa de permitir qualidade de vida a todos e deixar para as gerações futuras um planeta reconstruído e livre de doenças.
 
Simplesmente Saúde
 
Em plena era da comunicação, com tanto oba-oba sobre saúde, doenças, alimentação e qualidade de vida; é fato que existe uma neurose no ar.
Alimentação natural e saúde não deveria ser motivo de tanto esforço e obsessão, mas simplesmente algo praticado com naturalidade e alegria.
Muitos me perguntam: por quanto tempo deverei tomar os sucos desintoxicantes ou devo praticar tal hábito saudável?
Mas penso que a pergunta correta seria: porque ainda insisto em tratar mal meu organismo e não sinto uma vontade simples, entusiasmada, de estar integrada com as ofertas da natureza?
Confira a forma divertida e irreverente que canto junto com a Rita Lee para ser saudável e feliz!
 
 
 
Os 5 Sistemas Excretores, os 5 Sentidos e
os 5 Sabores
 
 
 
Conceição Trucom *
 
Na Alimentação Desintoxicante, a principal proposta é a prática do “banho interno DIÁRIO”. Um hábito de vida, divertido e sábio, independente do fato de sermos jovens ou não, magros ou não, vegetarianos ou não, cultos e poderosos ou não. Nesta prática há um foco proposital no favorecimento do “alívio” e limpeza dos 5 sistemas excretores de seus venenos e toxinas.
Tais 5 sistemas excretores são: Fígado e Vesícula, Intestinos Delgado e Grosso, Pele, Pulmões e Rins.
E, tais toxinas, que são inerentes ao corpo humano, estão hoje em níveis exacerbados e abundantes devido aos agitados contextos da vida moderna. Lembrar que toxinas sempre estarão presentes no metabolismo humano, seja por: 1) geração espontânea (endógena), 2) ingestão, 3) inalação, 4) injeção ou 5) penetração cutânea (exógenas).
Entretanto, o favorecimento diário da “desintoxicação e alívio” destes 5 sistemas excretores, apesar de uma compreensão imediata e óbvia de seus benefícios, guarda desdobramentos para a plena saúde física, emocional, psicológica e espiritual que ainda não temos a sua total extensão.
Para refletirmos e chegarmos um pouco mais perto da significância desta “limpeza interna diária” que é a Alimentação Desintoxicante, recorro aos conhecimentos da milenar Medicina Tradicional Chinesa (MTC).
A partir deste conjunto de ensinamentos, pude observar uma ligação mágica entre os 5 Sistemas Excretores, os 5 Sentidos, que são manifestações que comprovam que o Ser está vivo, encarnado; como também com os 5 Sabores, cuja percepção é feita pelas papilas gustativas, localizadas na língua que guarda uma ligação absolutamente estreita com o Coração, a Mente e o Cosmos.
Os papéis que jogam os Órgãos e Vísceras, entre eles os excretores
Segundo a MTC – ver tabela a seguir - são considerados Órgãos: o Coração, o Fígado, os Pulmões, os Rins, o Baço e o Pericárdio.
São consideradas Vísceras: a Vesícula Biliar, o Intestino Delgado, o Intestino Grosso, o Estômago e a Bexiga.
Para a MTC os Órgãos são Yin, não têm contato com o exterior, são maciços e têm como funções fabricar e armazenar as Substâncias Fundamentais, enquanto que as Vísceras são Yang, ocas, têm contato com o exterior e impulsionam as substâncias.
Os principais representantes dos Sistemas Excretores foram grifados, mas segue abaixo uma breve descrição, segundo os ensinamentos da MTC sobre cada um dos órgãos e vísceras do organismo humano.
CORAÇÃO: tem como função fazer circular o Sangue dentro dos Vasos. Manifesta-se na face, abre-se na língua (papilas degustativas), abriga a Mente (a boca é um local de consciência e de extrema importância nas atividades mentais) e guarda o Espírito. Sua emoção é a alegria, controla a sudorese, a coerência da fala, o sono e os sonhos.
FÍGADO: tem como função armazenar o Sangue, manter o livre fluxo de Qi (energia vital) e controlar os tendões. Manifesta-se nas unhas e joelhos. O fígado é responsável pela visão física e metafísica. Sua emoção é a raiva, a ira e também auxilia o controle dos sonhos.
VESÍCULA BILIAR: acoplada ao fígado, é oca e tem a forma de uma cápsula. Armazena e excreta a bile. Controla a coragem e a força de vontade.
BAÇO: tem como função produzir a transformação e transporte dos alimentos para serem absorvidos, por isso exerce papel importante na formação do Sangue e de Qi (energia vital). Mantém o Sangue dentro dos vasos sanguíneos impedindo os extravasamentos, domina as carnes e os músculos, abre-se na boca e manifesta-se nos ábios, responsável pelo paladar. Sua emoção é a preocupação.
PULMÃO: é responsável por dominar o Qi (energia vital) e controlar a respiração. Distribui Qi e Líquidos Orgânicos para todo o corpo, abre-se no nariz, manifesta-se na pele, controla a força da voz, responsável pelo olfato. Sua emoção é a tristeza.
RIM: é responsável por armazenar a nossa Essência e controlar o crescimento, desenvolvimento e a reprodução. Domina o metabolismo da água, recebe Qi do Pulmão, domina os ossos, os dentes, produz a medula e manifesta-se nos cabelos, sua abertura para o exterior é a orelha, responsável pela audição e domina os orifícios inferiores. Sua emoção é o medo.
INTESTINO DELGADO: as suas principais funções são receber, transformar e absorver os alimentos e separar o puro do impuro. Um verdadeiro cérebro, tem a inteligência de separar o que será nutrição e enviar para o Sangue, o que será excreto e liberar para o Intestino Grosso.
INTESTINO GROSSO: as suas principais funções são eliminar as fezes e absorver a água excessiva originária da formação das fezes.
Os 5 Sentidos e os 5 Sabores
A Mente (Shen) além de ser responsável pelas atividades mentais é também responsável pelos órgãos e vísceras do sentido. O sistema Coração (Xin) - Mente (Shen) com sua função de impulsionar o Sangue para nutrir todas as estruturas e de ser a “morada” da Mente (Shen), atuam em conjunto sobre cada órgão/víscera segundo cada especificidade.
Assim o sistema Fígado é responsável pelo sentido da visão (olhos) que necessita de Sangue limpo e saudável para ser nutrido e da Mente para reconhecer os estímulos visuais.
O sentido da audição (ouvidos) pertence ao sistema Rim que também necessita de Sangue limpo e saudável para sua nutrição e da Mente para o reconhecimento auditivo.
O sentido do olfato (nariz) pertence ao sistema Pulmão que desintoxica pela expiração (gás carbônico e outros gases, além de venenos/excessos dissolvidos nos de vapores d’água da expiração) e renova o Sangue com os “novos ares” de uma respiração plena e saudável, para sua nutrição e da Mente para o reconhecimento olfativo.
O sentido do tato (pele) necessita da cognição e da organização das sensações aos estímulos externos, pode-se dizer que pertence aos sistemas Coração/Intestino Delgado e Pulmão/Intestino Grosso que necessitam de Sangue limpo e saudável, além de alimentos biogênicos e bioativos (mais integrais, crus e frescos) para serem nutridos e da Mente para terem os respectivos estímulos reconhecidos.
O sentido do paladar cuja língua na anatomia da MTC é considerada o “broto do Coração (Xin)”. E um fato que nos sugere muita reflexão e estudo: na língua é onde encontram-se as papilas degustativas dos 5 sabores: adocicado, salgado, ácido, picante e amargo. Ou seja, ter as papilas degustativas, “acordadas” e tonificadas com o estímulo de todos os 5 sabores é um conhecimento milenar, muito usado pelas composições alimentares sugeridas pelas medicinas mais antigas da humanidade que são a MTC e a Auyrvédica.
Uma breve reflexão
Ter os 5 sistemas excretores sempre “aliviados” e acordados, tem o poder de nos levar ao uso dos 5 sentidos com mais precisão, nos colocando numa condição mais meditativa ou de “estado de alerta”. Ou seja, o uso pleno dos 5 sentidos nos coloca numa condição de Seres mais vivos e despertos.
E, fazer uso adequado e equilibrado dos 5 sabores em nossa alimentação diária, também pode nos ajudar em todo este processo.
Aliás, um organismo desintoxicado percebe melhor os 5 sabores e deseja fazer uso diário de todos eles com moderação, pois os estímulos às papilas degustativas não depende de quantidade, mas de qualidade. E lembrando: nas papilas degustativas encontra-se o “o broto do Coração”.
Uma curiosidade: a Terapia Floral, que usa a parte mais essencial de uma planta, as flores, para tratar a alma humana, usa a língua como local de administração.
Pode-se observar a amplitude de toda esta integração refletindo sobre a tabela abaixo:
Nota: o sabor adstringente está inserido em todos os sabores, não só para favorecer
a percepção de cada um deles, mas também para permitir a integração de todos.

Texto extraído do livro Alimentação Desintoxicante - Conceição Trucom - editora Alaúde.

Confira na AGENDA sobre nossas Oficinas da Linhaça e do Limão, além dos cursos e palestras da Alimentação Crua e Viva.
* Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para o bem-estar e qualidade de vida.
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações, citada a autora e a fonte www.docelimao.com.br
Recomenda-se também a leitura dos livros O poder de cura do Limão, A importância da LINHAÇA na saúde - ambos editora Alaúde e, Mente e Cérebro poderosas - editora Pensamento-Cultrix. O que possibilitará prática dessa filosofia de vida com responsabilidade.
 
Fonte:http://www.docelimao.com.br/site/desintoxicante/os-5-sistemas-excretores
              

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …