Pular para o conteúdo principal

TRIBULUS TERRESTRE : TESTOSTERONA NATURAL DE AMPLA UTILIDADE NA FERTILIDADE E NA TERCEIRA IDADE

O QUE É O TRIBULUS TERRESTRIS


Tribulus terrestris é uma erva que tem sido usada na medicina chinesa há séculos. Ficou famosa após atletas olímpicos dizerem que usaram e obtiveram melhora na performance.
O componente ativo é chamado de Saponina, que é achado principalmente nas folhas.
Para obter o efeito desejado, o extrato deve conter no mínimo 40% dessas saponinas, por isso muitos dizem não sentir nenhum efeito, pois estão tomando um extrato de má qualidade.

ADAPTÓGENO DA TESTOSTERONA


O Tribulus Terrestris é considerado um adaptógeno da testosterona. Na medicina, uma substância é considerada adaptógena quando tem a propriedade de reequilibrar o organismo, toda vez que esse se encontra alterado
Caso seu nível de testosterona não se encontra alterado, talvez ele não sofra nenhum aumento.
Por tal propriedado, o Tribulus é muito usado em terapias pós ciclo, as chamadas TPC´s. Pois após um ciclo de anabolizantes, a sua produção de testosterona e sua libido caem.

BENEFÍCIOS DO TRIBULUS TERRESTRIS


O tribulus terrestris tem sido usado para aumentar a performance sexual, aumentar o libido, aumentar a mobilidade do espermatozóide, e regulação do nível de testosterona.
Ou seja, pessoas que estão com o nível abaixo do máximo de seu corpo, seja por usarem anabolizantes, por envelhecimento, ou por outros motivos.

AUMENTAR-LIBIDO-TRIBULUS

TRIBULUS TERRESTRIS E A VIDA SEXUAL


O tribulus terrestris provoca vasodilatação na região genital, o que pode explicar seu efeito sob a ereção. Além disso, pode aumentar a contagem e a mobilidade dos espermatozóides, sendo indicado em tratamentos de infertilidade.
Em mulheres, pode diminuir os sintomas da menopause, e combater a frigidez.

COMO TOMAR TRIBULUS TERRESTRIS


A dosagem recomendada varia de 250 à 750 miligramas de tribulus diariamente. Isso pode variar, de acordo com a concentração do extrato.
Leia o rótulo do seu produto, e consulte um médico, para saber a quantidade exata.
Alguns apresentam uma irritação no estômago ao ingerirem tribulus, isso pode ser evitado ao tomar tribulus após as refeições. Exemplo: Metade da dose depois do almoço, e a outra metade depois da janta.

CICLAR TRIBULUS


É necessário ciclar o tribulus terrestris, para evitar qualquer tipo de dano ao fígado e outros órgãos.
O recomendado é usar por 3 semanas, todos os dias.
Após essas 3 semanas, fique sem tomar de 1 a 2 semanas, e volte ao uso normal.

AUMENTO DA TESTOSTERONA


Foi provado que o tribulus terrestris aumenta o nível de testosterona em indivíduos cujo nível está abaixo do normal. Ou seja, o tribulus te ajuda a atingir o nível máximo de testosterona permitido pelo seu corpo.
Em indivíduos cujo nível está normal, não foi notado aumento algum.
Por isso não precisa se preocupar com os efeitos colaterais parecidos com os de anabolizantes, pois o aumento de testosterona está dentro do limite determinado pelo seu corpo.

TRIBULUS-AUMENTAR-TESTOSTERONA

QUEM PODE TOMAR TRIBULUS TERRESTRIS


O tribulus não é recomendado para mulheres grávidas ou lactantes, e nem para crianças.
Homens com alterações na próstata devem consultar um médico antes.

TRIBULUS TERRESTRIS FAZ EMAGRECER?


Não, um estudo promovido pelo “International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism” mostrou que o tribulus não tem relação direta com a perda de peso.

EFEITOS COLATERAIS DO TRIBULUS TERRESTRIS


Não foram achados efeitos colaterais relacionados ao uso de Tribulus. No entanto, pouco se sabe quanto ao uso prolongado.


COMPRAR-TRIBULUS


 Fonte: http://www.malhandocerto.com/suplemento/tudo-sobre-o-tribulus-terrestris/#sthash.lIziPl8H.dpuf


1.O Que é e qual sua origem?
Tribulus Terrestris é uma erva trepadeira que cresce em qualquer região com climas moderados e tropicais.
Porém a planta é originaria da Índia. O extrato seco utilizado por praticantes de musculação e fisiculturismo, em formula de cápsulas, é retirado do fruto desta planta.

2.Pra que serve?
A medicina tradicional tem usado o Tribulus Terrestris para aumentar os níveis de energia, diminuir os sintomas de depressão, para tratar impotência e infertilidade no homem e mulher, e principalmente pra aumentar a força e o vigor.
Por causa do histórico longo de uso desta planta, o seu uso foi considerado muito seguro, vários atletas usam o Tribulus Terrestris para aumentar os níveis de testosterona no corpo, aumentar a queima de gordura, aumentar a força, massa muscular e a resistência física.
O uso do Tribulus Terrestris pode aumentar os níveis de testosterona através de uma estimulação natural da glândula pituitária ,o que promove um aumento da secreção do Hormônio luteinizante(LH) o que leva um aumento do níveis de testosterona livre no homem e um aumento de progesterona na mulher.

2.1. Indicações de uso do Tribulus Terristris

" Eficaz no aumento da produção de TESTOSTERONA;
" Estimulante para aumentar o IMPULSO SEXUAL; (ambos os sexos)
" Aumento da FORÇA e MASSA MUSCULAR em atletas; (efeito anabólico)- Essa parte é bem controvérsia,alguns dizem que a planta realmente funciona no aumento de massa muscular porém outros dizem que é placebo.
" Diminui a FRIGIDEZ SEXUAL em mulheres;
" Aumenta a quantidade e a motilidade de espermatozóides; (fertilidade)
" Possui efeito hepatoprotetor;

2.2. Mecanismo de ação do Tribulus Terrestris
O Tribulus terrestris provoca vasodilatação na região genital, o que pode explicar os seus efeitos sobre a ereção. Pode aumentar ainda a contagem de espermatozóides, bem como a sua motilidade, podendo, por isso, ser um auxiliar precioso para tratar a infertilidade. Em mulheres, diminui os sintomas da frigidez sexual, aumenta a libido e reduz os sintomas da menopausa.

Ao aumentar as concentrações plasmáticas de testosterona, aumenta também produção de músculo como efeito anabólico. A testosterona é vital porque desempenha vários papéis essenciais no nosso organismo, em especial, a síntese de massa muscular, com os conseqüentes ganhos de força.

3. Quem pode se beneficiar com o uso deste suplemento ?

A maioria, pois é desconhecido efeitos colaterais com o uso da mesma.

A não ser em adolescentes, pois já têm testosterona fluindo pelo corpo, então em jovens seria desaconselhável, pois pode ocorrer distúrbios hormonais.


3.1. Quais as vantagens em usar Tribulus Terristris?
Como DHEA e Androstenediona, Tribullus terrestris pode naturalmente favorecer a produção da testosterona. Testosterona é vital porque ela desempenha vários papéis essenciais em nosso corpo, incluindo a construção do músculo e força. Atletas estão usando Tribulus terrestris para ajudar a garantir que seus níveis deste hormônio natural estejam nos níveis normais em qualquer tempo. Isto pode, portanto, garantir que os níveis de testosterona sejam mantidos completos na plataforma natural e sem o uso de drogas perigosas como os esteróides. Vale ressaltar que esta planta não é proibida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional).

4.Estudos Científicos com o Tribulus
Instituto Químico-Farmacêutico em Sofia, na Bulgária, conduziu estudos clínicos com Tribulus Terrestris, que mostraram uma melhoria nas funções reprodutoras, incluindo aumento na produção de esperma e testosterona em homens.

Nas mulheres verificou-se um aumento da concentração de hormônios, incluindo o estradiol, com alteração ligeira da testosterona e melhoria da função reprodutora, libido e ovulação.

Um estudo envolvendo indivíduos saudáveis que tomaram 750mg/dia de Tribulus Terrestris, avaliaram as respostas hormonais que revelaram aumentos de LH de 14,38 ml/U/ml para 24,75mI/U/ml. A testosterona livre nos homens também aumentou de 60ng/dl para 84,5ng/dI3.

Outro estudo realizado em mais de 200 homens que sofriam de impotência, revelou que muitos dos homens experimentaram aumento dos níveis de LH e testosterona, da produção de esperma e da sua motilidade.

4.1. Entendendo um pouco melhor....
O Tribulus Terrestris é um adaptógeno da testosterona. Em medicina um produto é classificado com adaptógeno quando tem a propriedade de reequilibrar o organismo toda vez que este se encontrar alterado. Estudos clínicos têm mostrado que o aumento dos níveis de testosterona tem efeitos positivos não somente na força física e resistência, como também na função sexual, na densidade mineral óssea, metabolismo e nos níveis de imunidade. Por isso, é também muito indicado para idosos com problemas como artrite, artrose, fraqueza muscular e fadiga crônica.

5. Dosagem recomendada

Por enquanto não existe um guia definitivo sobre a quantidade de Tribulus terrestris que deverá ser tomada. Há diferentes diretrizes sugeridas por especialistas no campo médico. A mais sugerida é 250-750 mg por dia, tomada uniformemente durante todo o dia.

Igualmente como qualquer suplemento, cautela deverá ser exercida quando pensar em tomar Tribulus terrestris. Nos estudos das pesquisas feitas nenhum efeito adverso foi notado proveniente do uso de Tribulus terrestris. Além disso, em pesquisa adicional, nenhum efeito adverso foi demonstrado sobre o sistema nervoso ou cardiovascular. Até este momento nenhuma toxicidade ou efeito negativo ocorreu quando Tribulus terrestris é usado como suplemento nutricional.

Não há nenhum indício que mostre conclusivamente qual deveria ser a dosagem ótima e a duração de Tribulus terrestris. Muitos estudos das pesquisas feitas usaram 750 mg de Tribulus terrestris por curto período de tempo.
Especialistas no campo médico recomendam que tribulus terrestris deve ser administradas em ciclos pois diferentemente da DHEA e Androstenediona, Tribulus terrestris não é produzido pelo corpo e com o tempo prolongado do uso, seu efeito pode ser minimizado, tornando-se menos potente. Ciclos de 3 semanas usando “on” seguido de 1 a 3 semanas sem uso “off” , parece ser mais eficiente.
Como é o caso com toda suplementação, a melhor decisão é a chave do sucesso. Conhecer seu corpo e seus limites é tão decisivo para a própria suplementação como é para o próprio treinamento.

OBS: O Tribulus Terrestris também tem propriedades diuréticas, então suspenda o uso de outros diuréticos quando utilizar Tribulus.

Referências:

1. J Ethnopharmacol. 2003 Apr;85(2-3):257-60. Tribulus terrestris: preliminary study of its diuretic and contractile effects and comparison with Zea mays. Al-Ali M, Wahbi S, Twaij H, Al-Badr A.
2. Fitoterapia. 2003 Sep;74(6):583-91. Furostanol saponins from Tribulus terrestris. De Combarieu E, Fuzzati N, Lovati M, Mercalli E.
3. J Am Coll Nutr. 2001 Oct;20(5):520-8. Endocrine and lipid responses to chronic androstenediol-herbal supplementation in 30 to 58 year old men. Brown GA, Vukovich MD, Martini ER, Kohut ML, Franke WD, Jackson DA, King DS.
4. J Nat Prod. 2000 Dec;63(12):1699-701. New steroidal glycosides from the fruits of Tribulus terrestris. Bedir E, Khan IA.
5. Int J Sport Nutr Exerc Metab. 2000 Jun;10(2):208-15. The effects of Tribulus terrestris on body composition and exercise performance in resistance-trained males. Antonio J, Uelmen J, Rodriguez R, Earnest C.
6. J Pharm Sci. 2001 Nov;90(11):1752-8. Determination of steroidal saponins in Tribulus terrestris by reversed-phase high-performance liquid chromatography and evaporative light scattering detection. Ganzera M, Bedir E, Khan IA.
7. Life Sci. 2002 Aug 9;71(12):1385-96. Aphrodisiac properties of Tribulus Terrestris extract (Protodioscin) in normal and castrated rats. Gauthaman K, Adaikan PG, Prasad RN.
8. Life Sci. 2003 Oct 24;73(23):2963-71. Study of antihypertensive mechanism of Tribulus terrestris in 2K1C hypertensive rats: role of tissue ACE activity. Sharifi AM, Darabi R, Akbarloo N.
9. Zhong Xi Yi Jie He Za Zhi. 1990 Feb;10(2):85-7, 68. [406 cases of angina pectoris in coronary heart disease treated with saponin of Tribulus terrestris] [Article in Chinese] Wang B, Ma L, Liu T.


Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …