Pular para o conteúdo principal

BAGAS DE GOJI BERRIES : PODER ANTI-OXIDANTE E ALTA QUALIDADE NUTRITIVA



BAGAS DE GOJI BERRIES : PODER ANTIOXIDANTE 

E ALTA QUALIDADE NUTRITIVA


As Bagas de Goji são o antioxidante mais poderoso da nossa alimentação e é um fruto delicioso, a cada dia que passa existem cada vez mais estudos aprofundados sobre este fruto maravilhoso.

Por tal, damos a conhecer algumas das suas propriedades e usos.

Goji é a fruta da planta Lycium barbarum, proveniente dos Himalais, (Norte da China e Tibete). Apresenta-se em forma de baga vermelha. O seu aspeto assemelha-se em muito à nossa conhecida uva passa.

Apesar de já ser utilizado há milhares de anos na China, Tibete e Índia, tanto na alimentação como constituinte de fórmulas de fitoterapia da Medicina Tradicional Chinesa, só começou a despertar o interesse da ciência ocidental, quando se começou a descobrir a sua qualidade nutritiva e o seu poder antioxidante.

Informação Nutricional:

Uma pequena síntese do seu valor nutritivo:
Contém 19 aminoácidos, incluindo 8 aminoácidos essenciais.
Contém 21 minerais vestigiais, incluindo Germânio, com actividade anti-cancerígena, que é raro como fito-nutriente.
Contém grande teor de proteínas.
Contém o espectro completo de carotenóides antioxidantes, incluindo Beta-caroteno (em maior concentração que a cenoura) e zeaxantina (protector dos olhos). O Goji é a maior fonte de carotenóides conhecida.
Contém 2500 mg de vitamina C por 100 gramas da fruta.
Contém Beta-Sisterol, fito-nutriente com função anti-inflamatória, que ajuda também a equilibrar os níveis de colesterol e pode ser usado no tratamento de impotência sexual e equilíbrio da próstata.
Contém ácidos gordos (ómega 3 e 6), que são necessários para síntese de hormonas e regula o funcionamento do cérebro e sistema nervoso.
Contém Cyperone, um fito-nutriente que traz benefícios ao coração e à pressão sanguínea.
Contém Physalin, fito-nutriente usado nos transtornos da hepatite B.
Contém Betaína, fito-nutriente usado pelo fígado para produzir colina. A betaína doa grupos metil, promovendo reacções energéticas no corpo, ajuda a reduzir o nível de homocisteína, um factor de risco em problemas cardíacos, protege a célula ao nível de DNA.

Benefícios das Bagas Goji:

Protege o corpo do envelhecimento e aumenta a longevidade
Promove a energia e bem-estar em geral
Protege contra doenças cardio-vasculares e inflamatórias
Fortifica e mantém um sistema imunitário saudável
Alguns estudos apontam como tendo propriedades anti-cancerígenas
Combate a artrite
Baixa o colesterol
Equilibra os níveis de pressão do sangue
Ajuda no processo digestivo e na perda de peso
Melhora os níveis de insulina nos diabéticos
Melhora as cataratas, a visão turva e a audição
Fortalece e suporta a função saudável do fígado e dos rins
Fortalece os ossos e os tendões
Mantém um sistema nervoso saudável
Protege a pele dos danos causados pelo sol
Aumenta a líbido e o desempenho sexual
Promove a fertilidade
As Goji berries têm ainda a propriedade de o fazer rir e sorrir durante o dia todo. Por isso há quem lhes chame de happy berry ou smiling berry.



Pode plantar Bagas Goji no seu jardim ou até dentro de casa | VEJA AQUI

Caso pretenda comprar Baga Goji | VEJA AQUI

Como usar:
Diretamente do pacote, em misturas com outras frutas secas e/ou frescas, em batidos, mueslis, chás (excelente para melhorar o sabor de alguns chás medicinais, mitigando o sabor adstringente ou amargo que muitas plantas têm). Também podem ser demolhadas e rehidratadas em água. Esta água é excelente para hidratar o corpo e pode ser usada como base para qualquer receita culinária.


Dosagem: quantidade razoável: 15 a 45 gramas diárias, ou seja, cerca de uma mão-cheia.

Fonte:http://www.boaforma.org/2011/06/bagas-de-goji-poder-antioxidante-e-alta.html#more

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …