Pular para o conteúdo principal

SAIBA COMO TURBINAR A DIETA DAS CRIANÇAS COM ALIMENTOS SAUDÁVEIS

Saiba como turbinar a dieta das crianças com dez alimentos saudáveis

 Com um pouco de conhecimento sobre alguns alimentos, e sobre maneiras de incorporá-los no dia a dia, é possível tornar as refeições das crianças mais saudáveis. Confira a seguir 14 dicas dicas | Consultoria: Fernanda Scheer, nutricionista funcional de São Paulo e membro do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional; Paula Crook, nutricionista da PB Consultoria em Nutrição, em São Paulo, e Daniela Jobst, nutricionista funcional, em São Paulo, e membro do The Institute for Functional Medicine, nos Estados Unidos | Por Maria Laura Albuquerque  Montagem/Fotos Getty Images

 AMARANTO: no preparo de bolos e massas, substitua metade da farinha de trigo pela farinha desse cereal originário do Peru. Mais proteico do que o trigo, ele também é rico em fibras e minerais, por isso deixa os pratos mais saudáveis. Como não contém glúten, é uma alternativa para preparar receitas para as crianças que têm intolerância a essa substância Getty Images

TAPIOCA: troque as bisnaguinhas e o pão francês da hora do lanche e do café da manhã das crianças por tapioca recheada com opções saudáveis, como queijo do tipo cottage. Além de não conter glúten, ela é mais rica em nutrientes e menos calórica do que as massas brancas Getty Images

 GERGELIM: experimente polvilhar gergelim em farelo sobre os pratos do almoço ou do jantar para suprir as necessidades de cálcio da criança se ela tem alergia ou intolerância à lactose. Embora o leite tenha mais cálcio, o mineral proveniente de fontes vegetais é melhor absorvido pelo organismo. O cálcio tem como função principal estruturar os ossos e os dentes, ativar algumas das reações da coagulação sanguínea e a contração muscular Getty Images

 IOGURTE NATURAL: mantenha a criança longe de corantes que possam desencadear alergias ao longo da vida. Evite iogurtes industrializados de morango, inclusive os infantis, que não contêm a fruta "in natura". Em troca, ofereça iogurte natural batido no liquidificador com a fruta de verdade Getty Images

AÇAÍ: que tal trocar a gelatina ?que tem muito corante e açúcar? por polpa de açaí pura ou com frutas e granola? O fruto é uma ótima fonte de energia porque tem muito carboidrato. Possui fibras que auxiliam na prevenção da constipação intestinal e também minerais, como potássio e cálcio, e vitamina E Getty Images

MAÇÃ: troque metade do açúcar branco de receitas de bolos por três maçãs (com ou sem casca), batidas na centrífuga. A nutricionista Fernanda Scheer explica que o açúcar refinado é um alimento calórico sem nenhum valor nutricional. "Ele fornece energia imediatamente após ser consumido, porém ela não é duradoura", diz Getty Images

 ALFARROBA: prepare bolos e achocolatados usando alfarroba em pó. O ingrediente é uma leguminosa adocicada parente da vagem. O cacau pode ter cerca de 23% de gordura e 5% de açúcar. Já a leguminosa tem apenas com 0,7% de gordura e açúcares naturais Getty Images

 FOLHAS DE CENOURA: na hora de temperar algumas receitas, troque a salsinha e a cebolinha por folhas da cenoura. Elas têm mais betacaroteno do que a raiz, consumida com mais frequência pelas pessoas. "O betacaroteno é importante para o organismo, pois age diretamente em funções ligadas ao crescimento e ao sistema imunológico", diz a nutricionista Paula Crook Getty Images

 QUINOA: se a criança torce o nariz para o arroz integral, pelo fato de ele ser mais duro do que o branco, ofereça quinoa cozida. Ela é um dos alimentos de origem vegetal mais ricos em nutrientes. Dentre os cereais é o que tem o maior teor de fibras (em 100 g de quinoa, há 5,1 g de fibras, enquanto o arroz branco tem somente 0,05 g). "Seu consumo diminui o risco de desenvolvimento de obesidade, uma vez que a quantidade de fibras prolonga o tempo de digestão, impedindo que a glicose se transforme em gordura", afirma a nutricionista Paula Crook Getty Images

BIOMASSA DE BANANA VERDE: enriqueça o preparo de sopas, mingaus e outras receitas que precisam ser engrossadas com biomassa de banana verde, o sabor é neutro. Pobre em calorias, ela funciona como alimento probiótico, beneficiando a flora intestinal, e é rica em vitaminas que compõem o complexo B, dando mais energia ao corpo. É possível preparar a massa em casa: depois de lavar bem as frutas, coloque-as em uma panela de pressão, com água quente suficiente para cobri-las. Mantenha na pressão por 15 minutos. Quando esfriarem, retire as cascas e amasse a fruta, até formar um purê. Conserve na geladeira Getty Images

Fonte:http://mulher.uol.com.br/gravidez-e-filhos/album/2014/03/26/saiba-como-turbinar-a-dieta-das-criancas-com-dez-alimentos-saudaveis.htm

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …