Pular para o conteúdo principal

OS10 PIORES ALIMENTOS DO MUNDO

Alerta: Os 10 piores alimentos do mundo!

Olá queridas! Sempre buscamos nos alimentar melhor e aqui sempre abordamos os melhores alimentos para a nossa saúde. Mas você sabe quais são as verdadeiras “bombas alimentícias”, os piores alimentos do mundo, aqueles dos quais devemos fugir?
Lembrando que a intenção de mostrar essa lista não é para você ser radical e banir todos esses alimentos de uma vez só. A ideia sempre é de ficarmos mais conscientes do que estamos ingerindo no dia-a-dia. Se você comer com moderação, e somente de vez em quando, isso não vai causar nenhum mal permanente: o que prejudica a saúde é sempre a frequência e o exagero. Ok? Então vamos à lista das maiores “bombas” de todos os tempos! 

10. Sal em Excesso

Alerta: Os 10 piores alimentos do mundo!
Uma das consequências do consumo excessivo do sal é a hipertensão, responsável pelo maior índice de infartos e acidentes vasculares cerebrais. Além disso, o sal retém líquido, deixando a pessoa inchada. O recomendado é ingerir no máximo 6g por dia, contando com o sal já existente na comida. O problema maior aqui é a quantidade de sódio existente em alimentos que você nem imagina, como doces por exemplo. Fique sempre atenta às embalagens dos produtos, sempre observando a quantidade de sódio.

9. Bebida alcoólica

Alerta: Os 10 piores alimentos do mundo!
A curto prazo, pode induzir arritmias e palpitações no peito. A longo prazo, acelera a arterosclerose, aumentando o colesterol e principalmente os triglicerídeos. Facilita a pressão alta, e dilata o coração. Além, disso é muito calórico, sem ser nutritivo. Uma caneca de chope pode conter a mesma quantidade de calorias de uma rosquinha doce. Se você tomar todos os dias um chope, pode engordar 6 kg em um ano.

8. Batata Frita

Alerta: Os 10 piores alimentos do mundo!
 Batatas fritas contêm não apenas gorduras trans (que causa várias doenças), mas também uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em “alimentos”: a acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas em altas temperaturas. Além disso, a maioria dos óleos utilizados para fritar as batatas se torna rançoso na presença do oxigênio ou em altas temperaturas, podendo causar inflamações no corpo e agravar problemas cardíacos, câncer e artrite.

7. Salgadinhos

Os salgadinhos e os petiscos de bar normalmente são fontes de gordura trans. Este tipo de gordura pode levar ao aumento de peso, entupimento de veias, pressão alta e até diabetes do tipo 2. Aqui incluímos também salgadinhos de batata (“batatinhas”): não têm vitaminas nem minerais, só gorduras, ou seja, não têm nenhum benefício nutricional. Outro salgadinho a ser evitado são os de milho: por serem todos fritos, provocam obesidade e aumentam o nível de açúcar no sangue (além de não aproveitarem as fibras do milho, tão benéficas à saúde).

6. Açúcar em Excesso

Cuidado! O açúcar pode estar escondido em comidas que você nem imagina, como em um molho de frango, uma comida congelada ou um pote de iogurte. Quando você ingere todos os dias esse açúcar, força os seus órgãos a trabalhar mais. Primeiro, para digerir. Segundo, para normalizar a taxa de glicose no organismo. É assim que você acaba ficando diabético. Os sintomas do diabetes são sede excessiva, urina frequente, pele seca ou com coceira e fadiga extrema.

5. Pão Branco

O sabor do pão branco pode ser melhor do que o do integral (há controvérsias!), mas o pão branco é cheio de produtos químicos que fazem dobrar a quantidade de fermento em seu organismo. Isso pode causar infecções de vários tipos. O pão branco causa inchaço, gases intestinais e problemas digestivos.  Além disso, em termos de índice glicêmico, comer pão branco é pior até do que comer açúcar puro! Opte sempre pelo pão integral.

4. Carnes Processadas

Alerta: Os 10 piores alimentos do mundo!
O vilão aqui é a salsicha, uma carne processada rica em nitrito de sódio – substância cancerígena que pode aumentar o risco de câncer do pâncreas e do intestino, além de causar hipertensão. Outros exemplos de carne processada: bacon, mortadela, presunto, salame e linguiça. Fora que comumente a procedência dos componentes dessas carnes é altamente questionável…

3. Fast Food

Alerta: Os 10 piores alimentos do mundo!
Os fast food, como pizza (principalmente as congeladas), hambúrguer e comida chinesa delivery, têm excesso de calorias, gordura saturada, sódio e proteína. As refeições também normalmente trazem gordura trans, que contribui para problemas cardíacos, e contém excesso de açúcar.

2. Refrigerante

Alerta: Os 10 piores alimentos do mundo!
Se você beber um copo de refrigerante por dia, estará ingerindo de 6 a 7 colheres de chá de açúcar! Muitos refrigerantes são repletos de aditivos, o que pode gerar inchaço, dores de cabeça, asma, hiperatividade e falta de concentração. Além disso, o refrigerante, seja a versão normal, zero ou light, não possui nutrientes como vitaminas e minerais de que o corpo precisa para o metabolismo funcionar; é um poço de “calorias vazias”.

1. Refrigerante Diet

Alerta: Os 10 piores alimentos do mundo!
Essa é pra quem foge para acha que escapa dos malefícios do refrigerante fugindo para as opções “light/diet”. As versões diet contêm aspartame, agora rebatizado como "AminoSweet" – produzindo "efeitos que podem ser confundidos com Alzheimer, síndrome da fatiga crônica, epilepsia, esclerose múltipla". Sem contar serem capazes de provocar ansiedade, compulsão alimentar, depressão, enxaqueca, hiperatividade, insônia, palpitação cardíaca, perda auditiva, tontura.

Fonte:http://belezaesaude.com/10-piores-alimentos/

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …