Pular para o conteúdo principal

DICAS PARA CONTROLAR A COMPULSÃO POR DOCES EM UMA DIETA

OA INVÉS DE ATACAR UM CHOCOLATE, PREFIRA ALIMENTOS COMO A MAÇA QUE É SAUDÁVEL, TEM BAIXO ÍNDICE GLICÊMICO E DÁ SACIEDADE (Foto: Thinkstock)

Entre na linha: nutricionista das famosas dá dicas para controlar a compulsão por doces em uma dieta

Andrea Santa Rosa Garcia, responsável pela alimentação de celebridades como Giovanna Ewbank e Fiorella Mattheis, diz que é possível resistir aos doces durante um regime substituindo-os por alimentos saudáveis e menos calóricos que ajudam a manter a sensação de prazer e saciedade

Um grande dilema em meio a uma dieta é segurar aquela vontade de comer doces. Marie Claire conversou com a nutricionista Andrea Santa Rosa Garcia, que cuida de famosas como Giovanna Ewbank, Fiorella Mattheis, Fernanda Paes Leme e Angélica, e com o endrocrinologista Pedro Assed, para saber por que isso acontece e o que fazer para não cair na tentação. A seguir, confira as dicas dos especialistas:

A FASE DO CONTROLE

Andrea explica que é difícil resistir aos doces porque o açúcar é a principal fonte de energia do cérebro, e o açúcar refinado (aquele braquinho) é absorvido ligeiramente, proporcionando rápida sensação de prazer. "O corpo exige o tempo todo uma ingestão maior para prolongar essa sensação", afirma.

saiba mais
Para você você evitar a compulsão, a alternativa indicada pela nutricionista é ingerir alimentos que controlam a velocidade que o açúcar atinge as células, deixando essa sensação de prazer no organismo por mais tempo. "Os alimentos fonte de cromo ajudam nisso, como as carnes (frango e fígado), ovos, ostras, grãos integrais, germe-de-trigo, queijo, pimentão verde, banana, espinafre e pimenta-do-reino", diz.
Você deve se preocupar também com o funcionamento do seu intestino, pois pessoas que tem problemas intestinais tendem a ter essa compulsão. "A alteração da flora intestinal atrapalha a formação de neuropeptídeos (substâncias químicas produzidas e liberadas pelas células cerebrais) responsáveis pela centro da fome e da saciedade." Por isso, você deve investir em alimentos que mantêm a saúde da flora intestinal, entre eles estão banana verde, aveia, vegetais verdes escuros, cereais integrais e alimentos que são fonte de ômega-3, como chia, linhaça, sardinha e óleo de coco.

SUBSTITUA O AÇÚCAR POR ADOÇANTES NATURAIS

"Hoje, existem no mercado opções de adoçantes culinários que são à base da taumatina, estévia e xilitol. Eles são naturais, nosso corpo não os absorve e eles não estimulam a compulsão como os demais adoçantes.", explica a nutricionista. O endocrinologista Pedro Assed indica os adoçantes sucralose e  estévia. "Outra alternativa mais saudável seria optar por açúcares menos refinados como o de beterraba e o mascavo."



SE A VONTADE ESTIVER INCONTROLÁVEL...

Troque os doces por opções mais saudáveis que irão ajudar a reduzir a compulsão e dar saciedade. "O chocolate que tem mais de 70% de cacau na composição é fonte de triptofano, um precursor da serotonina que está envolvida na sensação de bem-estar. O damasco é uma fruta seca de baixo índice glicêmico, levando a sensação de prazer por mais tempo", diz Andrea.

O endocrinologista indica mais alguns alimentos que podem ser ingeridos no lugar do doce quando bater aquele desejo. "bananadas sem açúcar, damascos seco, uva-passa, amêndoas, cereais diet, canela, aveia, linhaça, café e frutas com baixo índice glicêmico como morango, maçã, pêra, kiwi e mamão podem aliviar a vontade de comer doces."

EVITE O CONSUMO DIÁRIO

Independente se você está ou não com o peso estável, comer doces todos os dias não é indicado porque eles não fazem bem ao corpo.  “O excesso de açúcar ou carboidratos refinados presentes no açúcar, arroz e massas brancas devem ser evitados ao máximo em nosso dia a dia, pois eles interagem de uma forma negativa com o organismo, levando ao aumento de insulina circulante no sangue, o que não é bom, pois ele pode se transformar em gordura."

O endocrinologista indica comer apenas um doce por semana. "Os doces por serem altamente calóricos fazem ganhar peso, e não estão indicados para quem deseja manter uma alimentação saudável", afirma.

Fonte:http://revistamarieclaire.globo.com/Beleza/noticia/2014/
11/

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …