Pular para o conteúdo principal

TOMANDO CÁLCIO PARA MELHORAR OS OSSOS ? ENTÃO LEIA ISTO...

Tomando CÁLCIO para melhorar os ossos? Então leia isto...

“Tomando ‪#‎CALCIO para melhorar os ossos”, muitas vezes
“Sob ‪#‎prescrição de ‪#‎profissionais de ‪#‎saúde” e freqüentemente
Junto a alendronato, risendronato, ibandronato, pamidronato e ácido zoledrônico (‪#‎bifosfonatos)
fico sinceramente PREOCUPADO…
Motivos:
1 – Quando você usa só grandes doses de UM macro-mineral, como o cálcio, você tem grandes chances de desequilibrar dezenas dos demais (macro e até micro), sobretudo Sódio, Magnésio, Potássio, Ferro e Zinco, gerando inúmeros efeitos adversos, com o tempo. Entenda mais sobre estes minerais buscando aqui:
http://www.medicinacomplementar.com.br/biblioteca10.php
www.ligadasaude.blogspot.com
2 – Você não tem como garantir que o cálcio que toma vá para os lugares certos e desejados se você não tem bons hábitos de vida e mínimo equilíbrio hormonal de base – é que estas são 2 condições fundamentais para que o organismo saiba onde colocar o cálcio (e demais minerais), em que proporções e quanto deve excretar. De outra forma, você corre o risco de calcificar outras áreas no corpo, indesejáveis, como as artérias (assim entupindo-as gradativamente), criação de aumento de “calos ósseos”, enrijecimento de “partes moles” (como cartilagens e tendões), etc
3 – Está na moda repor cálcio sozinho (o que em geral já é um erro pelo que expliquei acima) mas junto a vitamina D (que é um hormônio) só que as doses de vitamina D utilizadas têm sido por demais pequenas, irrisórias. O ideal é dosar no sangue a vitamina D3-25-OH e, se baixa (deve estar usualmente entre 50 e 100 ng/ml, na maioria dos laboratórios que conheço), orientar o paciente a pegar mais Sol regularmente (com qualidade) e repor, muitas vezes com doses iniciais BEM mais altas que as indicadas por aí. Entenda mais aqui: http://www.icaro.med.br/artigos/tag/vitamina-d/
4 – Seu interesse no cálcio é por questões ligadas a ‪#‎osteoporose e ‪#‎osteopenia ? Então entenda que o que mais importa para a saúde dos ossos, antes mesmo do cálcio, são ‪#‎Água‪#‎Proteínas e equilíbrio de ‪#‎hormônios (incluindo a ‪#‎vitaminaD)… Após corrigido isto, é claro, vejamos o cálcio e demais minerais! É que a maior parte do ‪#‎osso é água e proteínas… Entenda:
http://www.icaro.med.br/artigos/page/2/?s=osteoporose
5 – O uso de bifosfonados está associado a muitos efeitos colaterais e muitas vezes a ossos cheios de cálcio MAS ainda assim quebradiços (pela falta de outros componentes importantes… Osso não é só cálcio, lembram-se?):
http://www.drbayma.com/medicamentos-para-osteoporose-o-ult…/
Fonte:http://ligadasaude.blogspot.com.br/2015/03/


Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…