Pular para o conteúdo principal

SOPA EMAGRECE ? EXPERTS DÃO DICAS PRECIOSAS PARA NÃO ENGORDAR NO INVERNO

Sopa emagrece? (Foto: Thinkstock)

Sopa emagrece? Os cuidados necessários com a refeição oficial do inverno

25/06/2015 - 07h50 

Saiba quais são os ingredientes que estão liberados e quais os proibidos para adotar a sopa como arma contra o aumento de peso na estação

só cair a temperatura para que um prato típico do inverno entre no cardápio do dia a dia: a sopa. Muitas vezes adotada em substituição à salada, ela é ótima opção para deixar os jantares mais leves. No entanto, é preciso ficar de olho nos ingredientes, para que eles não somem mais calorias do que o esperado.

"É uma forma de preparação leve, a digestão é facilitada por ser um líquido e, fazendo a escolha certa, podemos acrescentar ingredientes que irão favorecer a desintoxicação, limpando o organismo por deixar nosso PH sanguíneo mais básico", explica a nutricionista funcional Andrea Santa Rosa Garcia. 

Sopa de abóbora com cheiro verde (Foto: Thinkstock)
Para quem adota a sopa com interesse em limar alguns quilinhos, atenção: "carboidratos refinados como arroz branco, massa e batata inglesa são proibidos. Os grãos (grão de bico, ervilha, lentilha) e os carboidratos complexos (inhame, baroa, aipim, batata doce) possuem uma qualidade nutricional melhor. Porém, possuem um aporte calórico maior. Uma alternativa interessante seria misturar os grãos ou carboidratos complexos com vegetais mais leves, como chuchu e couve-flor, que não alteram o sabor da preparação e reduzem o valor calórico. A couve-flor é um vegetal enxofrado e com presença de um fitoquímico isocianato  que auxilia na detoxificação", enumera a expert.

Na hora de cozinhar, aposte em folhas verdes escuras, radicchio, endívia, abobrinha, acelga, alho poró, berinjela, brócolis, couve, couve-flor, couve de bruxelas, chicória, espinafre cozido, jiló, pimentões, repolho cozido, tomate, cebola, nabo, brotos, rabanete e aspargos para deixar o prato saboroso e hipocalórico, tornando-o excelente opção no jantar. "Fazer uma dieta líquida por um dia é interessante para ajudar na perda de peso e desintoxicação do organismo. Mais do que isso, fica comprometida a absorção de outros nutrientes que são importantes para a manutenção do organismo", orienta Andrea que, por isso, indica lançar mão de sopas apenas uma vez ao dia.

Ao longo da página, confira quatro receitas gostosas e nutritivas sugeridas pela nutricionista para adotar a sopa ao seu cardápio sem correr riscos de também adotar quilinhos a mais na balança. (VICTORIA MARCHESI)


Fonte:http://vogue.globo.com/beleza/fitness-e-dieta/noticia/2015/06/sopa-emagrece-os-cuidados-necessarios-com-refeicao-oficial-do-inverno.html

Adeus, suco verde: a sopa é a melhor maneira de fazer detox no inverno

Mais nutritiva e menos calórica que o suco, a sopa é a maneira perfeita de fazer de detox nos dias mais frios

14/06/2015 - 08h10 

Sopa (Foto: Thinkstock)
Parecia modismo passageiro, mas fato é que o suco verde ganhou espaço cativo em
nossas manhãs, tornando- se um ritual obrigatório ao lado do tradicional café preto. Depois de incluir um mix de folhas, água de coco, suco verde, gengibre e frutas vermelhas em nossa rotina, os adeptos da “limpeza do organismo” para emagrecer e garantir seu melhor funcionamento sacaram um novo “coelho” da cartola: o detox líquido à base de sopas.

Batizado de souping, o movimento ganhou força no último inverno europeu – com temperaturas
beirando o negativo, sopas são uma alternativa mais atrativa que um suco gelado –, endossado por gurus da saúde como a atrizGwyneth Paltrow, adepta de uma receita infalível (e surpreendentemente saborosa) que leva brócolis, rúcula e limão; e Valentina Zelyaeva, top russaque está estudando para ser health coach e recomenda uma sopa que leva aipo, couve, gengibre e topinambo (ou alcachofra de Jerusalém, conhecida por aumentar a imunidade
e auxiliar a absorção de vitaminas e minerais).

A principal vantagem do detox à base de sopas é o índice glicêmico mais baixo que o de sucos, que evita picos de insulina que depois resultam em fome. As sopas também têm maior quantidade de nutrientes com menos calorias, mas isso não significa abdicar do sagrado drinque verde em jejum. “A associação de sucos e sopas torna o detox mais equilibrado”,aconselha Isabel Jereissati, nutricionista funcional de Camila Pitanga. Uma ideia é manter o suco verde pela manhã e optar por uma sopa no jantar, já que o ponto alto da desintoxicação acontece durante a madrugada, quando o fígado trabalha mais intensamente para eliminar as toxinas do corpo. (VITÓRIA GUIMARÃES)

Fonte:http://vogue.globo.com/beleza/fitness-e-dieta/noticia/2015/06/adeus-suco-verde-sopa-e-melhor-maneira-de-fazer-detox-no-inverno.html

Experts dão dicas preciosas para não engordar no inverno

Saiba como manter o ponteiro da balança no lugar mesmo com a chegada do frio com o endocrinologista Pedro Assed e a nutricionista funcional Andrea Santa Rosa Garcia

03/06/2015 

Saiba como não engordar no inverno  (Foto: Arquivo Vogue)
Junto com o frio, o inverno traz não só os casacos quentinhos saídos do  fundo do armário como também aquela fome descomunal que brota dentro até do mais comportado dos mortais. "No inverno o organismo queima mais calorias para manter a temperatura corporal, disparando gatilho de fome para compensar esse maior gasto calórico", explica o endocrinologista Pedro Assed.

Para evitar o ganho de peso na estação, pedimos ao expert e a nutricionista funcional Andrea Santa Rosa Garcia que elaborassem uma lista com dicas para escapar das ciladas típicas das baixas temperaturas e sobreviver com o manequim intacto até a primavera chegar.

Driblando a vontade de doces

"Por conta do gasto calórico para manter homeostase corporal, o cérebro tenta recuperar essas calorias com as formas de alimento que possuem mais açúcares e gorduras, que são os combustíveis primários de que ele e todo o organismo trabalham e necessitam", diz Assed. "Beba mais água, pois, às vezes, confundimos sede com fome. Faça exercício físico para aumentar a massa magra (e com isso a termogênese), e consuma alimentos ricos em fibras, como nozes, folhas e verduras, castanhas do Pará, amêndoas, uva passa e canela. Farinhas de aveia e de maracujá também ajudam a tornar a absorção de carboidratos mais lenta no organismo, colaborando consequentemente também na diminuição do apetite pelo doce". 


Fugindo das gorduras

"É importante ter disciplina de horários para comer, evitar beliscar, tirar da dispensa e da geladeira tudo que possa atrapalhar a dieta. Opte por alimentos com fibras e integrais, que saciam com mais eficácia. As versões light e zero gordura de diversos alimentos como sorvete, iogurte e leite desnatado também ajudam", indica o endócrino.

Saciedade à vista

"Invista em alimentos que contenham aminoácidos essenciais como triptofano, presente nos grãos (grão de bico, lentilha, ervilha) e na quinua: ele está envolvido na síntese de serotonina, um neurotransmissor que ajuda na regulação da saciedade", justifica Andrea Santa Rosa Garcia. "Acrescente sementes na salada ou sopa. Elas são fontes de gordura que também ajudam na saciedade. Exemplos: semente de girassol, abóbora, amêndoas, macadâmia – todas devem ser tostadas por 8 minutos no forno para eliminar fatores antinutricionais".

Adoçante natural, por favor

"O uso de adoçantes estimula neuropeptídeos que diminuem a sensação de saciedade e estimulam a compulsão alimentar. Opte por açúcar demerara, o doce natural das frutas, agave ou mel", ensina a nutricionista. 

Sobremesa light

"Sobremesas com frutas assadas ou levadas ao microondas são uma boa opção, como a banana recheada com canela e com sucralose em pó. levada ao microondas por 30-45 segundos. Geleia feita a partir de ameixa, feita em casa e da própria fruta refogada e depois colocada em banho-maria, serve como boa opção de baixa caloria para comer como sobremesa", ensina o médico. "Opte por sobremesas leves como frutas assadas com canela, anis, cravo ou chocolates com teor maior que 70% de cacau para garantir os seus benefícios", continua Andrea.

Esquentando...

"As sopas sempre devem ser elaboradas com caldo de legumes natural. Os temperos industrializados são ricos em substâncias químicas que aumentam o grau de inflamação das células, provocam a retenção de líquido e são pré-fatores de câncer. Tenha cuidado com a quantidade de sódio presente nos rótulos desses produtos industrializados e evite sopas prontas vendidas no mercado (o teor de sódio é muito elevado)", alerta a nutricionista funcional.

Hidrate-se

"Apesar de sentirmos menos sede no inverno, a ingestão regular de água é importante para garantir uma hidratação adequada das células, ajudando a eliminar toxinas e restos metabólicos que colaboram para aumentar o grau de inflamação do nosso corpo. A gordura pode ser considerada um tipo de toxina", conta Andrea. "Aposte nos chás diuréticos para ajudar a eliminar os exageros em que às vezes cometemos nessa época do ano. Alguns exemplos: chá de cavalinha, dente de limão, chá verde, carqueja e chá de hibiscos. Adicione limão, hortelã, canela e cravo para ajudar a melhorar o paladar".
Não pule o café da manhã
"Não acorde e vá direto almoçar, pulando o café da manhã. Mesmo que acorde tarde, sempre coma algo e somente depois de 30 minutos almoce", indica o endocrinologista. (VICTORIA MARCHESI)

Fonte:http://vogue.globo.com/beleza/fitness-e-dieta/noticia/2015/06/experts-dao-dicas-preciosas-para-nao-engordar-com-no-inverno.html

Sopa emagrece? (Foto: Thinkstock)


Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …