Pular para o conteúdo principal

ALIMENTOS QUE AJUDAM A REJUVENESCER

iStock_000032440330_Small.jpg

Alimentos que a ajudam a rejuvenescer

Sabe o que guardar na despensa e no frigorífico para ajudar o relógio biológico da sua pele a voltar para trás? Uma especialista em naturopatia dá algumas dicas úteis.

Gisela Henriques

16/04/2016 14:40

E se alguém olhasse para si e conseguisse adivinhar não só os erros alimentares que comete como enumerasse os seus problemas de saúde?
Se, como dizem, os olhos são o espelho da alma, então o rosto é o reflexo daquilo que comemos, pelo menos é o que defende a médica naturopata, e especialista em problemas de pele, Nigma Talib, no seu livro ‘Reverse The Signs of Ageing’ ( qualquer coisa como ‘Inverta os sinais de envelhecimento’, ainda não publicado em Portugal). Naquelas páginas, a médica naturopata explica como aquilo que comemos tanto pode fazer com que a nossa pele envelheça prematuramente, como ajudar-nos a manter a pele jovem e luminosa, desde que sejam os alimentos certos. “Ao escolher os alimentos certos, cada colherada é um passo atrás no relógio biológico. 28 dias é o tempo que a pele leva a regenerar-se, por isso tem de esperar esse tempo até obter os resultados visíveis do seu esforço”, não desanime. Tome nota:

FRUTAS E VEGETAIS. A todas as refeições, vegetais sobretudo. À noite coza a vapor ou salteie com um pouco de óleo de coco, são mais fáceis de digerir.
• Para dar luminosidade à pele: batata-doce, cenoura, abóbora, pimento vermelho e citrinos.
• Antirrugas naturais: espinafres, kale e agriões.
• Para equilibrar as hormonas: couves, brócolos, couve-flor, couve-de-bruxelas.
• Alimente as bactérias boas: cebolas, espargos, bananas e alho-francês.

CEREAIS INTEGRAIS. O equivalente ao seu punho fechado à maioria das refeições. Sim, tem de comer hidratos de carbono, mas integrais, com fibra, antioxidantes e ricos em vitamina B e magnésio, ambos anti-inflamatórios.
• Amaranto: é uma semente, na verdade, rica em proteína que se torna gelatinosa quando cozinhada, boa para papas.
• Trigo sarraceno: combina bem com vegetais e carne.
• Quinoa: excelente fonte de proteína e hidratos de carbono, boa alternativa à massa e couscous. Lave antes de cozinhar, para retirar o sabor amargo da ‘resina’ que envolve a semente.
• Arroz: integral, selvagem, basmati, são amigos da sua pele. Ricos em fibra e com um índice glicémico inferior ao do arroz branco.

PROTEÍNAS SACIANTES. Uma porção a cada refeição. Essenciais para a pele, cabelo e unhas.
• Caldo de carne caseito: contém colagénio natural, que previne rugas e a inflamação do intestino.
• Ovos: ricos em lecitina, que repara os tecidos da epiderme.
• Peixes gordos: sardinha, salmão, anchovas, truta, ricos em ómega 3, combatem as rugas e têm vitamina D, ótima para ajudar na prevenção de olheiras.
• Aves: proteína magra. A parte junto ao osso é uma boa fonte de zinco, que regenera a pele.
• Leguminosas: lentilhas, feijões.
• Carne vermelha: rica num tipo de ferro “que é mais facilmente absorvido pelo nosso organismo. Se tem o ferro em baixo, a pele fica mais pálida, seca e fina”.

GORDURAS E SEMENTES. Hidratam a pele, uma pequena porção à maioria das refeições.
• Abacate: combate a inflamação, ajuda o fígado a desintoxicar e contém antioxidantes que ajudam a pele a reparar os danos causados pela exposição ao sol.
• Sementes de chia: ricas em ómega 3, junte às papas de pequeno almoço ou a smoothies.
• Linhaça (sementes e óleo): é das fontes mais ricas em ácidos gordos, triture e deite em saladas. O óleo é bom para temperar saladas. Não cozinhe, porque o calor altera a sua estrutura.
• Frutos secos: dão-nos selénio, vital para a pele.
• Óleo de coco: antimicrobiano, aumenta a imunidade. É dos melhores óleos para cozinhar porque a sua estrutura não se altera com o calor.

ERVAS E ESPECIARIAS. A todas as refeições, para dar sabor, vitaminas e antioxidantes fundamentais ao antienvelhecimento. “São minidoses de remédios naturais. Ervas como a salsa, coentros, hortelã, são ótimas para juntar às saladas. Em pós, como curcuma, cominhos, pimenta cayena, pode juntar a ovos mexidos, sumos, sopas e molhos de saladas.

Fonte:http://activa.sapo.pt/belezaesaude/nutricao/2016-04-16-Alimentos-que-a-ajudam-a-rejuvenescer

iStock_000032440330_Small.jpg

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …