Pular para o conteúdo principal

TEMPEROS E SEUS BENEFÍCIOS À SAÚDE

Temperos e seus benefícios à saúde

Diversos temperos proporcionam benefícios à saúde do corpo todo

É sempre bom ter variados tipos de temperos na sua despensa, afinal, ninguém quer viver uma vida sem sabor. Porém, algumas vezes sabor em excesso, além de atrapalhar o gosto real dos alimentos, pode significar malefícios à saúde, como ocorre quando se ingere alta quantidade de sal (se quiser saber dicas para reduzir o sal em sua rotina clique aqui). E é por isso que juntamos alguns temperos muito usados nas cozinhas brasileiras e que proporcionm diversos benefícios para a sua saúde. Vamos a eles:

Coentro

Muito usado para temperar peixes, o coentro contém os flavonoides linalol, pineno e terpeno, que auxiliam na digestão e têm propriedades bactericidas e fungicidas. A semente do coentro é rica nas vitaminas C, vitaminas do complexo B e cálcio.
Contém antioxidantes, caso você não saiba ou lembre, antioxidantes são moléculas que restringem a oxidação de outras moléculas no corpo e isso traz vários benefícios em diversas partes do corpo, ajudando na prevenção de riscos ao coração, ou na prevenção de doenças neurológicas, como Parkinson e Alzheimer (para saber mais sobre antioxidantes, clique aqui).
Pesquisas demonstram que as folhas de coentro têm propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, que melhoram a saúde da pele e ajudam no combate a doenças, como a conjuntivite. O coentro é uma boa fonte de fibra, por isso causa um alívio para quem tem problemas gastrointestinais.
Ele também é uma fonte de colesterol bom (HDL) e, por ter em sua composição ácido linoleico, ácido ascórbico, ácido esteárico e ácido palmítico, diminui o colesterol ruim (LDL).

Orégano

O orégano não é apenas o tempero mais conhecido por sua contribuição inestimável à pizza - ele proporciona diversos benefícios à saúde. É, por exemplo, repleto de antioxidantes que, como já falamos aqui, faz maravilhas para o nosso corpo, ajudando a proteger as células contra os efeitos dos radicais livres.
Ele também é anti-inflamatório e antibacteriano, auxiliando no combate da bactéria Helicobacter pylori - responsável pela úlcera gástrica e duodenal - e equilibrando a flora intestinal, ajudando na absorção de importantes substâncias para o organismo.
Em forma de chá, possui ação expectorante e antifúngica, sendo usado no tratamento de pé-de-atleta e candidíase.

Canela

A canela proporciona inúmeros benefícios. O mais importante é o auxílio para os pré-diabéticos e aqueles que sofrem de diabetes tipo 2, pois reduz a concentração de glicose e aumenta a sensibilidade à insulina, aumentando a capacidade do corpo de afastar diabetes. Também é muito usada para aqueles que procuram emagrecer, pois sacia a fome, prolonga a sensação de satisfação e aumenta o metabolismo do corpo.
Como o orégano, possuí antioxidantes, é anti-inflamatório e antifúngico, sendo usado em diferentes receitas caseiras como visto aqui e aqui.
É importante salientar, no entanto, que a ingestão de canela é contra indicada para gestantes em qualquer fase da gravidez, lactação ou alimentação de bebês.

Cebolinha

Rica em flavonoides, é anti-inflamatória e considerada um dos antibióticos naturais mais potentes, tendo sido usada pelos romanos como um dos remédios mais populares para tratar dor de garganta. Contém as vitaminas A, C e E, rica emmagnésio, ferro e cálcio, além de regular a pressão arterial e diminuir o estresse.
Aquelas folhinhas em formato de tubo contêm propriedades bactericidas, ajudam a controlar a pressão arterial e contêm as vitaminas A e C.
Seu consumo diário recomendado é de pelo menos três hastes todos os dias. É indicado para aqueles procurando ganhar peso, pois é estimulante do apetite.

Curry

Curry é a mistura de diversos temperos juntos e cada mistura pode resultar sabores diferentes. Entretanto, um denominador comum dessas misturas é o açafrão-da-terra, que é um grande anti-inflamatório. A curcumina, um poderoso agente anti-inflamatório, é 50 vezes mais potente que a vitamina C. A cúrcuma, outro tempero presente no curry, diminui o inchaço das articulações, em especial para aqueles que sofrem de artrite ou de inflamações em tais locais. O uso regular da cúrcuma pode ajudar a reduzir os riscos da doença de Alzheimer e da demência. Isso acontece devido ao poder que a cúrcuma tem de identificar as chamadas placas amiloides que, em excesso, interferem nas sinapses cerebrais.
Curry é rico em antioxidantes que podem melhorar a aparência da pele e prevenir os efeitos negativos da exposição a longo prazo a poluentes ou fumaça. Outros ingredientes presentes no curry, como pimenta e cúrcuma, aumentam a imunidade do corpo porque são ricos em vitamina A, C e B6, que auxiliam as células a combater infecções. Sua ingestão regular auxilia no emagrecimento, pois possui uma variedade de aminoácidos e proteínas que ajudam a queimar células de gordura.

Alecrim

Possui antioxidante e componentes anti-inflamatórios que podem melhorar o sistema imunológico e a circulação do sangue. Ajuda a proteger o sistema neurológico. Também possui ácido carnósico, um ingrediente capaz de combater o dano de radicais livres no cérebro. De acordo com um estudo publicado pelo Cell Journal, o ácido carnósico pode ser útil na proteção contra neurodegeneração no hipocampo. De acordo com cientistas de Sanford-Burnham Medical Research Institute, nos EUA, o ácido carnósico também pode promover uma saúde ocular melhor.
E para aqueles que são inimigos dos mosquitos, o alecrim também é uma das plantas que funcionam como repelente natural. Para saber mais clique aqui.

Noz moscada

Utilizada a séculos pela cultura oriental, tem uma substância chamada miristicina, que age na função cerebral, estimulando a memória, mas também inibindo a ação da enzima que provoca a doença de Alzheimer. Além de adicionar sabor à sua comida, noz moscada também possui minerais, como potássio, cálcio, ferro e manganês, que ajudam a manter o sistema imunológico forte. Tem componentes anti-inflamatórios que, segundo pesquisas, ajudam a inibir o crescimento de tumores e que reduzem a chance do aparecimento de certos tipos de câncer. Se você tem insônia, coloque meia colher de chá de noz moscada no seu leite quente e tome-o morno antes de dormir. Essa receita antiga é conhecida por trazer uma boa noite de sono.
Mas lembre-se: noz moscada em altas doses pode ser perigosa, causando náusea, diarreia, alucinações e, em alguns casos, até mesmo a morte. Portanto, utilize apenas pequenas doses na hora de cozinhar

Pimenta caiena

Contém capsaicina, que estimula o metabolismo do corpo, ajudando a queimar mais calorias. É um conhecido estimulante circulatório e auxilia na desintoxicação. Auxilia no controle da pressão arterial e reduz os níveis de triglicérides. Como já falamos aqui, é uma das maneiras para melhorar a circulação sanguínea.
Ajuda a dissolver a fibrina - substância que promove a formação de coágulos - e, quando adicionada às refeições, combate dores de estômago, cãibras e gases. Se você tem dores de garganta constantes, também é um bom remédio caseiro para tratá-las. Para saber mais, clique aqui.

Alho

Como já falamos anteriormente aqui, o alho é um dos seis alimentos que colaboram para uma vida mais longa e saudável, pois tem um componente chamado alicina, que previne a aterosclerose e a obstrução coronária, o que reduz o colesterol e coágulos no sangue. Possui propriedades antibacterianas que tratam infecções, regulam o açúcar no sangue e previnem o câncer.
Ajuda na prevenção de gripes e resfriados devido às suas propriedades antivirais e antibacterianas. Contém piridoxina, ou vitamina B6, que auxilia na prevenção de doenças cardíacas, mantém a saúde do sistema nervoso e ainda tem a vantagem de deixar a pele saudável.

Folha de louro

Folhas de louro possuem colesterol zero. São ricas em compostos que ajudam na saúde do coração, reduzindo as chances de doenças cardíacas coronárias e mantendo o coração ativo. São ricas em ácidos graxos insaturados mono e ajudam a melhorar o colesterol HDL (o bom!) e reduz o colesterol LDL (o ruim!). São recomendadas para mulheres grávidas, pois ajudam na síntese de DNA. E ajudam a regular o ciclo menstrual. Recomendadas durante gripes e febres, pois ajudam a aliviar o congestionamento. A melhor forma de ingerir o louro é na forma de chá, mas se você quiser deixar uma refeição pesada, como a feijoada, mais leve para o seu estômago, coloque um pouco de louro durante sua preparação.

Manjericão

Contém flavonoides que, além de diversas outras vantagens ao corpo, como já falamos aqui, ajudam a reduzir a ação da oxidação do colesterol na corrente sanguínea, reduzem o colesterol ruim, controlam a glicemia e, devido à ação anti-inflamatória, aliviam dor de artrite.
Possui antioxidantes, propriedades antiestresse e é anti-bacteriano; ajuda a reduzir o cortisol, hormônio do estresse. Além de ser uma fonte de vitamina C, ajuda a diminuir o muco na bronquite e previne tosses e dores de garganta.
Fonte: Care2
http://www.ecycle.com.br/component/content/article/62-alimentos/3467

Postagens mais visitadas deste blog

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …