Pular para o conteúdo principal

BIOMASSA : TUDO SOBRE O NOVO ALIADO DA DIETA

PARA PREPARAR A BIOMASSA, A BANANA PRECISA SER RETIRAR NOS SEUS PRIMEIROS TRÊS OU QUATRO DIAS NO PÉ (Foto: Reprodução Instagram)

Biomassa: tudo sobre o novo aliado da dieta

Seguir uma alimentação saudável é regra número um para vencer a batalha contra a balança. Conheça então o ingrediente que promete reduzir as calorias dos pratos, aumentar a sua saciedade e ainda regular o seu intestino


De tempos em tempos, um novo ingrediente é descoberto como aliado da dieta. Depois do chá verde, chia, quinua e do óleo de coco, chegou a vez de a banana verde reinar no prato de quem está em crise com a balança. Mas não de maneira convencional. O aconselhado é preparar com a fruta uma biomassa, que serve como substituta leve e saudável dos ingredientes mais gordinhos, como farinha branca, leite condensado, creme de leite e maionese, que dão liga aos pratos.

Ela faz o trabalho do glúten, ao dar liga e maciez a uma massa. E o melhor: sem deixar aquela sensação de peso no estômago ou dificultar a digestão”, conta Giovanna Vilela, especialista em cozinha saudável e vencedora do “Jogo de Panelas” do programa Mais Você. Por isso, ela também é ótima substituta de farinhas que também não levam glúten na composição e que deixam o resultado final da receita mais sequinho e duro.

Além disso, uma única colher de sopa de biomassa tem apenas 15 calorias e proporciona inúmeros benefícios. “A banana verde é rica em amido resistente, que não é digerido e vai direto para o intestino, onde serve de alimento para os chamados probióticos - ou bactérias boas -, que garantem o bom funcionamento do órgão e a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pelo nosso bom humor”, explica a expert. E o alto teor de fibras da fruta garante ainda a saciedade.

A funcionalidade do ingrediente o coloca, então, diretamente na lista de amigos da alimentação saudável, o caminho mais adequado em direção ao emagrecimento. O segredo, segundo Giovanna, está em incluí-la na maioria dos pratos que levam os tais cremes calóricos, já que a biomassa não tem gosto. “Na hora de preparar um brigadeiro, por exemplo, troco metade da quantidade de leite condensado por ela”, entrega. Já aí é possível cortar as calorias do doce quase pela metade.

O PREPARO É SIMPLES

A dificuldade na hora de fazer a biomassa está, na verdade, na escolha da banana realmente verde. Para ser rica em amido resistente, ela precisa ser retirada do pé nos seus três ou quatro primeiros dias”, ensina. “As vendidas em mercado, normalmente, passam um tempo em climatizadores e perde propriedades. Por isso, o ideal é comprar na feira.”

Encontradas as bananas certas, basta seguir o seguinte passo a passo:

- Lave uma a uma com água e sabão enxaguando bem;

- Em uma panela de pressão, coloque água até a metade, ligue o fogo e deixe essa água ferver;

- Quando estiver fervendo, coloque as bananas, de modo que elas fiquem todas cobertas pelo líquido. É muito importante que a água esteja fervendo, pois esse choque térmico faz parte do processo;

- Tampe a panela e, quando começar a ouvir o barulho da pressão, abaixe o fogo, conte 10 minutos e desligue. Deixe que a pressão toda saia naturalmente da panela, sem acelerar o processo;

- Destampe e descasque uma a uma. Cuidado, pois elas ainda estarão quentes. Mas é necessário que seja dessa forma;

- Por fim, bata todas elas no liquidificador com uma água limpa e fervida separadamente, até que ela vire uma pasta bem espessa prontinha para ser adicionada em qualquer prato.

Para garantir a funcionalidade, o recomendado é consumir de duas a quatro colheres de sopa por dia. O que eu faço? De manhã, já acrescento uma colher ao suco. Às vezes, misturo ao mingau, a uma sopa. Afinal, ela não tem sabor nenhum”, conta Giovanna. Em geral, a pasta dura até três semanas, se mantida na geladeira. No freezer, pode durar até três meses.
A ideia é incluir o ingrediente pouco a pouco às receitas. E para provar que a refeição pode continuar saborosa, Giovanna ensina três pratos deliciosos – e magrinhos - que levam biomassa:
MOUSSE DE BIOMASSA PARA UMA SOBREMESA GOSTOSA E SAUDÁVEL (Foto: Reprodução Instagram)


Mousse com biomassa
- Ingredientes: 2 xíc. (de chá) de biomassa, 200gr. de chocolate 70% cacau, 4 claras, 1 colher (de chá) de canela, 2 colheres (de sopa) de açúcar de coco.

- Modo de fazer: Bata em uma batedeira as claras separadas e reserve. Derreta o chocolate em banho-maria e misture com o açúcar, a canela e a biomassa de banana. Bata tudo e incorpore as claras delicadamente. Leve para geladeira por pelo menos três horas e sirva. Fica deliciosa, quando acompanhada de frutas picadas.
BOLINHO DE LIMÃO SICILIANO COM PISTACHE PARA O CAFÉ DA TARDE (Foto: Reprodução Instagram)


Bolinho de limão siciliano com pistache
- Ingredientes: 1 xíc (de chá) de farinha de quinua, 2 xíc. (de chá) de biomassa de banana verde, 1 xíc (de chá) de açúcar mascavo, 2 colheres (de sopa) de óleo de coco, 1 colher (de chá) de essência de baunilha, 2 ovos, 1 pitada de sal, 1 pitada de canela, 1 colher (de sopa) de fermento, suco de 1 limão siciliano, raspas de 1 limão siciliano, 1/2 xíc. (de chá) de pistaches descascados, 2 colheres (de chá) de sementes de papoula.

- Modo de fazer: Bata tudo na batedeira, menos o fermento e as raspas de limão. Depois que a mistura estiver homogênea, acrescente as raspas, o fermento e misture delicadamente. Distribua em forminhas de cupcake e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por cerca de 30 minutos ou até que o centro esteja cozido. Dica: sirva com uma calda de ganache de cacau ou chocolate 70% cacau derretido.
CUPCAKE DE BIOMASSA, QUE AGRADA ATÉ AS CRIANÇAS (Foto: Reprodução Instagram)


Cupcake de biomassa
- Ingredientes: 1 xíc. (de chá) de farinha de arroz, 1 e 1/2 xíc. (de chá) de açúcar de coco, 2 colheres (de sopa) de óleo de coco, 2 colheres (de sopa) de cacau em pó, 1 colher (de chá) de essência de baunilha, 2 ovos, 1 xíc. (de chá) de biomassa, 1 pitada de sal, 1 pitada de canela, 1 colher (de sopa) de fermento, 1 tablete de chocolate picadinho.

- Modo de fazer: Bata tudo na batedeira, menos o fermento e o chocolate em barra. Depois que a mistura estiver homogênea, coloque o chocolate picadinho e misture o fermento delicadamente. Distribua em forminhas. Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por cerca de 30 minutos ou até que o centro esteja cozido.

Fonte:http://revistamarieclaire.globo.com/Beleza/noticia/2014/09/biomassa-tudo-sobre-o-novo-aliado-da-dieta.html

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …