Pular para o conteúdo principal

GYMNEMA SILVESTRE : A PLANTA INDIANA QUE TIRA A VONTADE POR DOCES E EMAGRECE

Gymnema


Gymnema Sylvestre Emagrece? Para Que Serve e Efeitos Colaterais

Perder peso muitas vezes se torna uma tarefa complicada, principalmente se você convive com uma rotina atribulada e uma alimentação irregular. Há diversos estudos e pesquisas que buscam comprovar a eficiência de diversos nutrientes para otimizar o processo de emagrecimento, dentre eles, podemos destacar a afirmativa de que a Gymnema Sylvestre emagrece. Antes de cogitar o consumo, é importante que você entenda para que serve, qual a melhor forma de consumo e os possíveis efeitos colaterais graves que a erva pode oferecer. É exatamente sobre isso que iremos conversar a partir de agora.

O que é?

A Gymnema Sylvestre é uma erva de origem indiana, ela é conhecida como “destruidora de açúcar”, segundo a tradução de seu nome. Ela é dietética, dessa forma, é uma das favoritas para ser utilizada em tratamentos para desequilíbrios de açúcar na corrente sanguínea e para doenças resultantes dessa alteração.

Para que serve?

A erva indiana pode ser utilizada para diversas finalidades. A característica principal dela é ser muito eficiente no controle de níveis de açúcar na corrente sanguínea, o que contribui para tratamentos de diversas doenças ligadas a esse desequilíbrio. Devemos destacar que ainda há diversos estudos em desenvolvimento para comprovar a eficiência completa da erva indiana.
Logo, a Gymnema Sylvestre é capaz de reduzir a absorção de açúcar no intestino, aumenta a quantidade de insulina no corpo, pois intensifica o crescimento de células no pâncreas. Abaixo você poderá conhecer especificadamente os benefícios que a Gymnema Sylvestre pode oferecer:
  • Contribui para tratamentos contra Malária
  • Reduz a frequência de tosse
  • Efeito laxativo
  • Efeito diurético

Tratamento de diabetes

Estudos afirmaram que o uso de Gymnema Sylvestre contribuiu para o equilíbrio dos níveis de açúcar no sangue de diabéticos e regulou também os níveis de insulina. O uso da erva é muito indicado para reduzir as reações da diabetes tipo II. Essas pesquisas foram realizadas com embasamentos sobre a utilização do extrato de uma folha de Gymnema Sylvestre por dia.

Gymnema Sylvestre emagrece

Diversas pessoas estão com o IMC acima do recomendado devido ao alto nível de açúcar na corrente sanguínea. Já sabemos que esse benefício a erva indiana garante, mas o que ainda não sabemos é por que a Gymnema Sylvestre emagrece. Ela é capaz de reduzir a ansiedade, fator que agrava diversos casos de obesidade.
Nesse caso, foram realizadas pesquisas as quais provaram que a maior eficiência da erva indiana pode ser obtida ao mastigar as folhas. A Gymnema Sylvestre pode reduzir os impactos de sua síndrome metabólica. Os efeitos podem ser mais rápidos e reduzem ainda mais a ansiedade por alimentos doces.
A Gymnema Sylvestre emagrece ainda mais devido ao poder termogênico e antidiabético. A erva indiana ainda pode contribuir através da inibição do apetite, principalmente por alimentos doces e da baixa absorção de gorduras, como dito acima.

Triglicerídeos

O consumo regular de Gymnema Sylvestre emagrece e ainda pode regular os níveis de triglicerídeos no sangue. Ela pode ser capaz de reduzir esses níveis e ainda diminuir a possibilidade de ocorrência de doenças cardiovasculares, derrames e ataques cardíacos.

Como tomar?

Deve ser analisada a faixa etária, o condicionamento físico e diversas características biológicas. É fundamental que você leia os rótulos, consulte médicos e farmacêuticos para que assim consuma a Gymnema Sylvestre de uma forma mais segura.
Se você toma remédios para controlar diabetes e insulina, deve atentar para as dosagens da erva. Não acredite que o consumo excessivo de Gymnema Sylvestre emagrece, muito pelo contrário, pode oferecer riscos de alta gravidade. Recomenda-se o consumo de 1 cápsula de 250-300 mg,em torno de 30 minutos antes das duas principais refeições, almoço e jantar.

Efeitos colaterais

Como já dito anteriormente, a Gymnema Sylvestre reduz os níveis de açúcar no sangue, e é sobre essa reação que você deve atentar, pois pode ocorrer hipoglicemia como consequência da queda da taxa de açúcar no sangue. O uso indevido de Gymnema Sylvestre pode acarretar tonturas, desmaios, vertigens, náuseas e inclusive induzir ao coma.

Contra indicações

O consumo de Gymnema Sylvestre é contra indicado antes e após cirurgias. Recomenda-se interromper o hábito de consumir a erva pelo menos 2 semanas antes do procedimento cirúrgico. Afirma-se que o uso seguro das folhas é no máximo de 20 meses e com dosagens equilibradas. Gestantes e mulheres em fase de amamentação também não devem consumir a Gymnema Sylvestre.

Acompanhamento médico

A Gymnema Sylvestre emagrece e ainda pode oferecer diversas melhorias em sua qualidade de vida, mas é fundamental que você priorize sua saúde, dessa forma é indispensável que você busque uma avaliação médica para esclarecer duvidas e aprovar o uso correto da erva para as finalidades que você deseja.
É importante que você saiba quais as possíveis reações que as folhas poderão oferecer ao seu corpo e inclusive se conscientizar para evitar o consumo devido a reações alérgicas ou incompatibilidades.

Dieta

Emagrecer não se limita apenas a adotar a Gymnema Sylvestre em suas refeições. Perder peso requer dedicação na alimentação de um modo geral. Você deverá atentar para nutrir seu corpo de forma correta e isso só poderá ocorrer se você incluir os alimentos corretos desde o café da manha até a sua ceia. Adapte-se a uma dieta equilibrada e compatível com os objetivos que deseja para a definição de seu corpo. Você pode adicionar o consumo de Gymnema Sylvestre para emagrecer, mas sempre priorize os métodos mais naturais e que não comprometem a sua saúde.

Atividades físicas

Comer os alimentos corretos é uma parte do processo de emagrecimento. O ideal é reservar um período de tempo de sua rotina diária para a prática de exercícios físicos. Eles poderão contribuir para que seu metabolismo se mantenha ativo, assim queimando mais calorias continuamente. Emagrecer é consumir menos e queimar mais calorias diariamente, logo, movimentar o corpo é fundamental.

Preço

Você pode encontrar a Gymnema Sylvestre por valores de R$ 16,00 até R$ 246,00.

Onde comprar?

A Gymnema Sylvestre pode ser comprada em lojas de suplementos alimentares e lojas de produtos naturais. Há diversos fornecedores que disponibilizam a venda desse produto online para o seu comodismo, mas se você optar por esse modo, busque orientações e referências sobre a confiabilidade do portal de vendas.
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+) 

Fonte:http://www.mundoboaforma.com.br/gymnema-sylvestre-emagrece-para-que-serve-efeitos-colaterais/

Para que serve a Gymnema-Resenha

Gymnema sylvestre

Descrição : Da família das Asclepiadaceae, também conhecida por Gymnema-Silvestre e Gurmar (hindi).
Parte utilizada : Folhas.
Origem : Gymnema sylvestre é uma erva nativa da floresta tropical das regiões sul e central da Índia.
Usos Tradicionais: Dependência de açúcar, diabetes, febre, hipoglicemia, obesidade.
Propriedades Medicinais: Adstringente, diurético, refrigerante, tônico estomacal.
Indicações : Quando a Gymnema é usada antes das refeições, deixa os blocos de açúcar com gosto mais ácido, reduzindo assim, o desejo de consumir açúcar. As moléculas do príncipio ativo da Gymnema sylvestre bloqueiam os receptores de gosto açucarado nas papilas gustativas por algumas horas. Ajuda a estabilizar níveis de açúcar no sangue e aumenta a produção de insulina. Toda a planta Gymnema age como bloqueador de açúcar e ao ser aplicada diretamente na língua, sem que seja engolida, bloqueia o sabor doce.
Na Índia, a Gymnema pulverizada foi aplicada como um cataplasma para mordidas de cobra. Glândulas inchadas são tratadas com um cataplasma de Gymnema e óleo ricino. Atualmente, se pode comprar Gymnema sylvestre em forma de extrato seco, cápsulas e folhas para chá. A planta é constituída de ácido gymnemico, ácido tartárico, oxalato de cálcio, glicose, estigmasterol, betaína e colina.
Pessoas dependentes de insulina devem consultar um médico antes de utilizar a Gymnema sylvestre, vez que o medicamento à base de insulina pode precisar ser reajustado. A Gurmar é popularmente chamada de destruidora de açúcar (sugar destroyer), vez que mastigar as folhas destrói a capacidade do paladar de discriminar a doçura dos alimentos. A Gymnema sylvestre é tradicionalmente na Índia para o tratamento de diabetes há mais de 2.000 anos. Nos últimos anos, a Gymnema vem sendo muito receitada em dietas para emagrecer.


Fonte: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/gymnema.html#.VQIVjY7F98E#ixzz3UDKB2B00

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …