Pular para o conteúdo principal

COMO A MÃE CUROU A DOENÇA DA FILHA COM ALIMENTAÇÃO VIVA

dehappy5-7

Como uma mãe curou a doença da filha com Alimentação Viva

O post é um relato da mãe como se passou a história.
Esta é a minha filha Maya. Ela teve eczema desde que era um bebê. Após seu primeiro aniversário, ela experimentou um enorme alastramento, o primeiro de muitos. Seu corpo inteiro estava coberto de manchas grandes e escamas vermelhas. Seu pediatra prescreveu esteróides e disse-nos para remover o leite de vaca de sua dieta e substituí-lo por leite de cabra. Este tratamento parecia funcionar; ela se recuperou muito rápido.
dehappy5-6
Não demorou muito para que Maya começasse a experimentar resfriados constantes, esse efeito colateral percebi que foi consequência do creme esteróide. “Cremes esteróides têm uma capacidade de penetração notável na pele, que pode inundar a corrente sanguínea e matar as células que fornecem imunidade contra patógenos”. Estava realmente preocupada se o creme  estava só encobrindo o problema, em vez de resolver a raiz do problema.
Quando Maya fez quatro anos, seu eczema de repente voltou agressivo. Desta vez, não pretendia mais utilizar esteróides devido sua reação na primeira vez. Em vez disso, nós tentamos naturopatia, eliminar o glúten e leite, e aderir a uma dieta livre de açúcar. Após cerca de seis meses seguindo esta dieta e um tratamento homeopático, seu eczema estava quase no fim, com apenas pequenas manchas ainda existentes nos braços.
Quando Maya passou dos 7 anos, o eczema voltou, pior do que nunca. Mais uma vez, foquei nos métodos naturais e passei horas pesquisando sobre curas. Fizemos mais testes de laboratório e, finalmente, descobrimos que, além de sua condição da pele, ela tinha também candidíase e parasitas.
Nossa naturopata criou uma nova dieta para Maya focada em curar a candidíase e parasitas. Nós removemos carne, ovos e doces de sua dieta, e ela vivia basicamente de grãos cozidos, legumes no vapor, azeite de oliva e óleo de coco. Ela também comeu sementes, algumas frutas (como maçãs, peras e frutos) e um pouco de peixe.
Mas seu estado parecia piorar a cada semana. Depois de meses tentando eliminar a candidíase, que quase matou nossa filha com todas as novas dietas que tentamos por desespero. Até então, Maya perdeu bastante peso e parecia estar doente. Seu intestino deve ter sido tão danificado e incapaz de absorver a nutrição.
Eu estava com medo e nervosa, e pronta a voltar às drogas(medicamentos) apenas para proporcioná-la algum alívio. Mas através de novas pesquisas, eu descobri uma comunidade vegan no Instagram que explicava sobre uma dieta crudívora, vegana e rica em carboidratos que estava tendo muito sucesso no tratamento de candidíase.
No dia seguinte, comecei uma dieta chamada “Ilha Banana”, um programa alimentar de 10 dias de comer unicamente bananas. Eu testei em mim mesmo antes e, surpreendentemente, me senti incrível. Eu não pensei duas vezes em colocar toda a minha família para experimentar a dieta. Estavam felizes, eu notei imediatamente uma enorme explosão de energia e uma melhoria dramática em seus humores.
Pelos os próximos três meses, Maya e seus irmãos comeram principalmente frutas, algumas verduras e legumes com algumas gorduras saudáveis, como abacate, coco, nozes e sementes em quantidades saudáveis​​. Após três meses de desintoxicação, a pele de Maya começou a cicatrizar.
Estamos seguindo uma dieta crua já por seis meses agora, e ela ainda tem algumas pequenas manchas secas. Elas se desfazem um pouco a cada dia e Maya está feliz e bonita.
No momento, estamos todos em casa aderindo à dieta de alimentação viva. Todos em nossa família tem grande energia e uma sensação incrível. Agora nossa família está viajando o mundo, e compartilhando nossas experiências no nosso canal no youtube e também no blog dehappy5
dehappy5-7
eczema-6
dehappy5-8
eczema-5
dehappy5-2
eczema-4
dehappy5-3
dehappy5
Fonte de todas fotos : dehappy5

Fonte do Texto:http://yogui.co/como-uma-mae-curou-eczema-e-candidiase-de-sua-filha-com-alimentacao-crua/

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

ALOE VERA : A MARAVILHA PROIBIDA

Aloe Vera: A Maravilha ProibidaAloe Vera é geralmente chamada de a planta milagrosa, a cura natural, dentre outros nomes que sobreviveram por 4.000 anos dentro dos quais essa planta tem beneficiado a humanidade. George Ebers em 1862 foi o primeiro a descobrir o uso da Aloe na antiguidade em um antigo manuscrito egípcio datado de 3500 AC, o qual foi de fato uma coleção sobre ervas medicinais. Outros pesquisadores desde então descobriram que a planta era usada também pelos chineses e indianos antigos. Médicos gregos e romanos como Dioscorides e Plínio usavam Aloe obtendo maravilhosos efeitos e legendárias sugestões que persuadiram Alexandre O Grande a capturar a ilha de Socotra no Oceano Índico com o intuito de obter sua rica plantação de Aloe para curar seus soldados feridos nas guerras. As rainhas egípcias Nefertiti e Cleópatra taxaram grandiosamente a Aloe como sendo o melhor tratamento de beleza. Naqueles tempos beleza e saúde estavam intimamente ligadas, muito mais que estão atualme…

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …