Pular para o conteúdo principal

MORRENDO POR NÃO SABER - ALIMENTOS - VÍDEO EM HD




Morrendo por não saber - Alimentos

Publicado em 21 de fev de 2015

Alex Jones, repórter investigativo americano, operador de vários websites especializado em informações relativas a violações de liberdade civis. Conhecido por ter se infiltrado no Bohemian Grove, driblando o esquema de segurança do FBI e da CIA, ganhou elevada credibilidade dentro dos EUA e no mundo, pela confiabilidade de suas Fontes. Tornou -se um dos principais agentes de informação no mundo, defendendo um ativismo humanista contra o Clube Bilderbeg e suas instituições.
Os principais websites são: infowars.com e prisonplanet.com
Alguns dirão... isto é “teoria da conspiração”!
Mas, basta pesquisar na WEB os assuntos aqui abordados e confirmar que não se trata de uma “teoria” da conspiração, é uma “conspiração” de fato!
Entenda, os “venenos” citados no vídeo, não tem um efeito imediato, são cumulativos.
Somos bombardeados dia após dia, ano após ano durante décadas!
Até que um dia... nosso organismo, mesmo dotado de um extraordinário poder de regeneração, após sucessivos “bombardeios” não aguenta e entra em falência.
Somos condicionados desde a infância, por gerações, a acreditar em comerciais da “mídia prostituta” dizendo que isso é saudável, compre, consuma... quando na verdade visam apenas o lucro, sem se importar com o “Ser”.
Alguns conscientes, outros inconscientemente participam e alimentam todo o processo, pois foram condicionados para tal.
Como sair desse condicionamento?
Comece questionando tudo!
Busque conhecimento!
Quebre velhos paradigmas!
Desbloqueie sua mente!
Construa o novo!
Com coragem e determinação!
E como parar esse processo criminoso?
Comece conscientizando os que ainda “adormecem”!
Na questão dos alimentos, como regra geral, fuja dos “industrializados” ( leia manipulados ), busque alimento o mais natural possível.
Diga “não” a tudo que não é natural!
Boicote! Repito, Boicote!
Não consuma mais esses “venenos”!
Por lógica, se não há consumo, não há para quem vender; se não há para quem vender, o processo criminoso cessa.
É um processo gradativo, onde a indústria entrará em falência múltipla e terá forçosamente que se adaptar ao novo!
Uma nova consciência, onde há seres humanos bem informados, que sabem o que querem e não mais aceitam serem condicionados com falsas verdades!
Aos que participam inconscientemente, direta ou indiretamente, desta indústria criminosa, após assistir este vídeo, não serão mais inocentes; passam a ser coniventes e serão julgados por isso, nessa ou em outras vidas!
A “conta” virá e terá que passar por uma “catarse” inevitavelmente!
Então aproveite e resolva a questão aqui e agora!
Pois é uma questão de evolução!


“Se não tiver a capacidade de dizer não, o seu sim não significa nada.”
( Osho )

“Quanto mais conhecimento absorvermos, mais discernimento teremos para reconhecer os esforços das forças opositoras de nos manter fora de equilíbrio. A educação atual está focada em como você pode obter um emprego e competir com todas as outras pessoas objetivando simplesmente o lucro.
A educação espiritual nos leva a compreender em que mundo estamos e como utilizar as ferramentas da mente e do coração para levar formas de amor a um mundo de medo, egoísmo e ignorância espiritual.”
( Robert Happé )

Links =
Alex Jones = https://www.youtube.com/user/TheAlexJ...
Infowars = http://www.infowars.com/
Aspartame = 
http://freepages.misc.rootsweb.ancest...
http://www.curaeascensao.com.br/alime...

Glutamato Monossódico (GMS) =
http://puraeco.com.br/os-perigos-do-r...
http://www.anovaordemmundial.com/2009...

Flúor = http://www.curaeascensao.com.br/alime...
https://xgerms.wordpress.com/2011/11/...

CRÉDITOS
Food - The Ultimate Segredo Exposto
MÚSICAS
Dragons Win - Steve Jablonsky
Arrival To Earth - Steve Jablonsky
EDIÇÃO
Photo Amaral

Fonte:https://www.youtube.com/watch?v=2poh1j18l0s

Postagens mais visitadas deste blog

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …