Pular para o conteúdo principal

DA HORTA PARA A BATEDEIRA : CONHEÇA SOBREMESAS FEITAS COM LEGUMES


Conheça receitas especiais para adicionar legumes à sobremesa4 fotos

1 / 4
Beterrabas e cacau rendem um saboroso bolo. Clique no MAIS para ver a receita
Imagem: Rodrigo Azevedo/Divulgação

Da horta para a batedeira: conheça sobremesas feitas com legumes

Bolo de beterraba com cacau

Ingredientes

  • 240 grama(s) de beterraba
  • 2/3 xícara(s) de chá de manteiga
  • 1/4 xícara(s) de chá de azeite de oliva
  • 4 ovos
  • 1 xícara(s) de chá de açúcar
  • 1/4 xícara(s) de chá de café forte
  • 160 grama(s) de chocolate meio amargo derretido
  • 1/2 xícara(s) de chá de cacau em pó
  • 1 1/2 xícara(s) de chá de farinha de trigo
  • 2 colher(es) de sopa de fermento em pó

Modo de preparo

Lave bem as beterrabas e corte-as em pedaços. Coloque-as em uma forma, regue com azeite, e cubra com papel-alumínio. Leve ao forno a 180º C por 30 minutos.

Em um liquidificador, bata a beterraba assada e a manteiga derretida até formar um purê homogêneo com uma textura granulada.

Separe as gemas e bata com o açúcar no purê de beterraba até ficar esbranquiçado. Junte o café ao purê de beterraba sem deixar cozinhar as gemas. Incorpore o chocolate derretido, o cacau, a farinha de trigo e o fermento. Bata as claras em neve e incorpore levemente com uma espátula.

Unte uma forma com manteiga. Aqueça o forno a 160º C e leve o bolo para assar por 30 

Rodrigo Azevedo/Divulgação

Bolo de chuchu com carambola passa

Ingredientes

  • 80 grama(s) de folha de chuchu sem os talos
  • 2/3 xícara(s) de chá de azeite de oliva
  • 2 ovos
  • 2/3 xícara(s) de chá de açúcar
  • 150 grama(s) de chuchu velho, ralado grosseiramente
  • 1 colher(es) de chá de raspas de limão
  • 1 colher(es) de sopa de baunilha
  • 1 1/3 xícara(s) de chá de farinha de trigo
  • 30 grama(s) de carambola passa
  • 30 grama(s) de macadâmia
  • 1 1/2 colher(es) de sopa de fermento
  • 1 pitada(s) de sal

Modo de preparo

Em um liquidificador, bata as folhas de chuchu com o azeite e reserve. Preaqueça o forno a 160º C. Unte uma forma e reserve.

Em uma batedeira, bata as gemas com o açúcar até esbranquiçar. Junte o creme feito com as folhas de chuchu, bata até envolver bem e retire da batedeira. Junte o chuchu ralado as raspas de limão e a baunilha numa mesma tigela grande e misture muito bem.

Adicione a farinha, as carambolas passas e a macadâmia passando pela farinha, misturando para que tudo esteja bem envolvido.

Bata as claras em neve e incorpore delicadamente à massa. Junte o fermento. 

Distribua a massa na forma untada e leve ao forno a 160º C durante 30 minutos ou até que um palito enfiado no centro saia seco e limpo. Deixe esfriar na forma durante dez minutos e, só então, retire o bolo da forma. Sirva quente ou deixe esfriar completamente para servi-lo.

Divulgação

Flan de coco e iogurte com geleia de tomate e tomate confit

Ingredientes

Flan

  • 3 copo(s) de iogurte
  • 4 folha(s) de gelatina sem sabor
  • 1/2 xícara(s) de chá de coco fresco ralado

Geleia de tomate

  • 4 tomates maduros
  • 1 maçã
  • 1 goiaba vermelha
  • 3 flores de cravo
  • 2 ani-estrelados
  • 3 folha(s) de limão
  • 2 colher(es) de sopa de açúcar demerara
  • 1 pau de canela
  • 2 xícara(s) de chá de água

Tomates confit

  • 2 tomates maduros
  • 2 colher(es) de sopa de açúcar
  • 1 colher(es) de chá de canela em pó

Modo de preparo

Flan

Dissolva a gelatina em um pouco de água fria. Coloque em banho-maria para dissolver, sem deixar ferver. Misture em uma tigela a gelatina, o iogurte e, por último, o coco fresco ralado. Distribua em forminhas e deixe resfriar. Reserve.

Geleia de tomate

Descasque os tomates pique-os em cubos médios. Pique a maçã e a goiaba e retire as sementes. Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo baixo. Deixe cozinhar até que evapore todo o caldo e ganhe uma consistência de geleia. Reserve

Tomates confit

Descasque os tomates e retire suas sementes. Corte os tomates em meia-lua, coloque-os em uma assadeira, salpique o açúcar e a canela e leve para o forno médio (180°C) por cerca de 20 minutos. Espere até que fique caramelizado e cozido. Desenforme o flan e sirva com os tomates confit e a geleia de tomate.

Cristiano Lopes/Divulgação

Creme Brûlée de Abóbora

Ingredientes

  • 550 grama(s) de abóbora pescoço, cortada em cubos pequenos
  • 1/2 xícara(s) de chá de água
  • 1 1/4 xícara(s) de chá de açúcar
  • 1 gema
  • 2/3 xícara(s) de chá de creme de leite fresco
  • 1 colher(es) de sopa de açúcar cristal

Modo de preparo

Descasque a abóbora e tire as sementes. Coloque-a para cozinhar na água com açúcar até secar. No liquidificador, bata a gema, o creme de leite fresco e a abóbora cozida.

Distribua a mistura em forminhas. Leve em banho-maria para o forno coberto com papel-alumínio. Asse em forno a 180ºC por 30 minutos.

Para finalizar, polvilhe o açúcar cristal por cima do creme e caramelize com o maçarico. Sirva com sorvete de coco.


Quem nunca ouviu uma mãe dizer "coma os legumes senão não tem sobremesa", que atire a primeira abobrinha. E, daqui por diante, quem ouvir pode replicar: "Por que não juntar uma coisa com a outra?". A resposta para a provocação até poderia ser bolo de cenoura –contudo, há cozinheiros que vão além. O chef Isaías Néries, do hotel Parador Lumiar, na Serra Fluminense (RJ), é um deles.
Bolinho de agrião com abobrinha e nozes, de beterraba com cacau, de tomate com cranberry, de chuchu com especiarias e amêndoas, de rúcula com macadâmia, de abóbora com carambola passas e de berinjela com iogurte e frutas secas integram seu arsenal de receitas. Sem contar os sorberts de chuchu e de ruibarbo ou a cocada com inhame.
"Minha lista de doces de legumes é grande. Quer dizer, não tem fim, porque dependendo do que der na horta é só testar novas combinações", afirma em baianês o cozinheiro de Santo Amaro da Purificação e ex-braço direito da chef carioca Flávia Quaresma.
Bolos do bem
Os bolos com folhas ou tubérculos e castanhas têm textura úmida e compacta, semelhantes a de um brownie. "Muitos dos ingredientes eu mesmo plantei e colho. Como não uso adubo artificial, os produtos vão variando de estação para estação, de ano para ano", justifica Isaías.
Fonte:http://comidasebebidas.uol.com.br/noticias/redacao/2015/06/22/da-horta-para-a-batedeira-conheca-sobremesas-feitas-com-legumes.htm#fotoNav=4

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …