Pular para o conteúdo principal

ALIMENTAÇÃO DESINTOXICANTE X DOENÇAS

Alimentação Desintoxicante x Doenças

Alimentação Desintoxicante x Doenças


Conceição Trucom *
Muitas pessoas (ou parentes) com doenças me escrevem sobre o que fazer para ajudar no tratamento e cura. Minha resposta é sempre a mesma: desintoxique-se/alcalinize-se/mineralize-se para poder resgatar sua harmonia metabólica, algumas vezes até um diagnóstico preciso.
Parece disco arranhado, mas a alimentação desintoxicante é uma forma de tratar a alma e o espírito, tão distanciados pela falta de nutrição e leveza do corpo físico. Aliviar o corpo físico de tanta densidade, de tanta perda energética, irá purificar, oferecer fôlegos (e vôos) para um Ser cansado.
Assim, meus conhecimentos e textos direciono basicamente para a medicina preventiva, para a purificação. Meu foco é harmonizar células, órgãos e sistemas, antes que entrem em colapso.
Não importa a doença, a desintoxicação é o primeiro passo para que as demais ferramentas de cura possam surtir efeito.
E mais, ideal seria um "desligar" da patologia, da doença, e investir "alegremente" nas Ações Pró-Saúde, pois são elas que irão ditar a "curtição" da sua vida durante e após a cura. Estou falando de salutogênese, terapia do riso, relaxamento e atividade física prazerosa.
O cientista alemão Prof. Arnold Ereth nos ensina em seu livro Sistema Curativo por dieta Amucosa: “toda enfermidade é constipação ou obstrução”. Essa mucosidade é oriunda de substâncias geradas por alimentos indigestos, acumuladas desde a infância. Diz ele: "O que é a enfermidade? É uma ação de todo o corpo para eliminar escórias, mucos e toxinas.”
Mais um trecho do seu Diagnóstico: "O meio de diagnóstico mais exato e infalível é um jejum curto. A rapidez com que o enfermo se sente pior durante um curto jejum é proporcional à magnitude e toxidade de sua obstrução. Se ele sente vertigens, palpitações, há pus ou drogas a eliminar, está gravemente obstruído."
Assim, todo o conteúdo dos meus livros e deste site é basicamente sobre hábitos DIÁRIOS desintoxicantes (ao mesmo tempo alcalinizantes/mineralizantes), uma forma diferenciada de jejum do organismo como um todo, via os 5 sistemas excretores: cólon, fígado, pulmões, rins e pele.
O corpo humano é holístico, funciona como uma engrenagem: tudo precisa estar em harmonia, sincronizado. Não adianta saber que o sintoma está no fígado, intestino ou pulmões, pois é o corpo inteiro que está doente. Todas as células estão vivenciando algum grau de estresse energético e nutricional. E, toda a comunicação “celular” se passa através dos líquidos corporais que são o sangue, linfa, líquido crânio-sacral e intracelular, que representam cerca de 65% do peso de um adulto. Como a dinâmica do funcionamento do corpo humano é pura eletroquímica, podemos entender porque os sucos desintoxicantes, na forma liquefeita, com poder também adstringente, alcalinizante e mineralizante (são os sais minerais que conduzem a eletricidade) apresentam ação eficiente e rápida no sentido da assimilação nutricional, harmonização metabólica e cura.
Neste propósito e comprometimento, a sugestão é a toma diária de sucos desintoxicantes 3 a 5 vezes/dia (de 100 a 200 ml/toma a cada 2-3 horas, e sempre contendo o suco fresco de 1/2 a 1 limão cada), pois esta é a forma de aliviar toda a carga tóxica que impede do organismo de assimilar nutrientes, evitar desperdícios energéticos, funcionar de forma integrada, plena e saudável. Tudo que é ingerido com esta qualidade nutricional, e ainda na forma líquida, tem efeito multiplicado, em questão de minutos.
Quanto mais doente ou urgência de cura existe, mais necessário que estes sucos sejam processados em centrífuga ou idealmente processados no liquidificador e coados em coadores de pano (organza, voil, panelas furadas).
Em caso de somente prevenção e manutenção, bastam 1 a 3 tomas diárias, processar somente no liquidificador e evitar coar para preservar as fibras.
Quanto mais doença ou urgência de cura existe, maior o número de tomas/dia, mais maduros, frescos e orgânicos devem ser os ingredientes. Reduzir ao quase zero o açúcar, alimentos refinados e de origem animal, pois eles acidificam rapidamente os líquidos corporais, anulando em algum grau (depende do volume de consumo e forma de preparo) os efeitos benéficos dos sucos desintoxicantes.
Fonte:https://www.docelimao.com.br/site/desintoxicante/principios/523-alimentacao-desintoxicante-x-doencas.html

Postagens mais visitadas deste blog

OVOS - QUANTOS POSSO COMER POR DIA ?

Ovos — Quantos Posso Comer por Dia?

Os ovos são uma fonte ampla­mente disponível, barata e ver­sátil em ter­mos de pro­teí­nas, cál­cio e vit­a­m­i­nas. Eles tam­bém são fre­qüen­te­mente asso­ci­a­dos a efeitos adver­sos como prob­le­mas de coles­terol e dia­betes. No entanto, a pesquisa atual mostra que o con­sumo mod­er­ado de ovos pode ser seguro e bené­fico para adul­tos saudáveis. A ingestão diária depen­derá de uma série de fac­tores, incluindo a história da saúde, sexo e nível de activi­dade da pessoa.


Nutrição

Famosos por seus altos níveis de pro­teína e cál­cio, os ovos con­têm uma série de vit­a­m­i­nas e min­erais impor­tantes. Um único ovo cozido grande tem ape­nas 78 calo­rias, mas ofer­ece 6,29 g de pro­teína, 25 mg de cál­cio, 0,59 mg de ferro e 112,7 mcg de col­ina. O ovo con­tém 22 mcg de ácido fólico, 260 UI de vit­a­m­ina A, 44 UI de vit­a­m­ina D e 176 mcg de luteína e de zeax­an­tina, bem como peque­nas quan­ti­dades de muitas das vit­a­m­i­nas do com­plexo B.
Coles­…

TIPOS DE SAIS USADOS NA CULINÁRIA E SUAS PROPRIEDADES

Tipos de Sais e suas Diferenças
Nós sabemos que o sal é um nutriente obrigatório na dieta de qualquer pessoa, todos precisam de sal para viver, mas é preciso muito cuidado no consumo do sal. O cloreto de sódio é responsável por males perigosos como hipertensão e doenças cardiovasculares. Existem alguns tipos de sal e acredite, muitos podem substituir o sal de mesa refinado, o vilão desta história toda! Saiba das diferenças. Sal refinado ou de mesa: É o mais comum e o mais usado no preparo de alimentos. É dissolvido e recristalizado a temperatura e pressão controladas em instalações industriais. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve ser acrescido de iodo para se evitar o bócio. Light: o sal light foi criado para diminuir a quantidade de sódio consumido, já que este mineral adere à parede das artérias, contribuindo para elevar a pressão sanguínea. O sal light possui menos da metade de sódio encontrada no sal branco refinado. No entanto, o sabor é um pouco amargo. Flor de …

O QUE SÃO BIOFLAVONÓIDES ?

São pigmentos vegetais hidrossolúveis, que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas etc.      Os bioflavonóides foram descobertos pelo Prêmio Nobel Albert Szent-Gyorgyi durante o processo de tentativa de isolar a vitamina C. A primeira propriedade por ele observada foi a ação protetora que exerciam sobre a capilaridade ao interromper o sangramento das gengivas. Estudos subseqüentes mostraram, no entanto, que os bioflavonóides não respondiam às definições das vitaminas, assim como não era possível identificar sintomas típicos para sua deficiência – razões alegadas pelo FDA, em 1968, para declará-los terapeuticamente ineficientes e proibir a sua prescrição médica. Esses argumentos, porém, não foram suficientes para interromper as pesquisas, que logo constataram a interdependência dos bioflavonóides com a vitamina C – …